top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Retomada de shows movimenta mercado: gastos com ingressos crescem 939%

O Brasil definitivamente voltou para a rota das turnês de artistas internacionais, o que junto com os shows nacionais tem movimentado o setor. Os gastos com a compra de ingressos para apresentações e festivais cresceram 939% no 3º trimestre deste ano, na comparação com o mesmo período do ano anterior -- com um aumento de 552% na quantidade de transações.



Os dados são da Análise do Comportamento de Consumo, estudo que traz um panorama dos gastos dos brasileiros no 3º trimestre do ano na comparação com o mesmo período de 2021 -- uma análise feita com base nas compras com cartões do Itaú Unibanco e nas vendas realizadas nos sistemas da Rede, empresa de meios de pagamentos do banco.




O crescimento do setor também tem reflexos no consumo nos locais onde os shows são realizados. O Rock in Rio 2022, que ocorreu em setembro no Rio de Janeiro, movimentou não apenas o mercado da música, mas o consumo como um todo na cidade. Durante os dias em que o festival foi realizado, a quantidade de transações feitas na capital fluminense cresceu 32%, na comparação com os dias do Rock in Rio 2019 (última edição realizada antes da pandemia).

コメント


bottom of page