top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Morre aos 41 anos cantor sertanejo João Carreiro

Morreu na noite desta quarta-feira (3), aos 41 anos, o cantor e compositor João Carreiro após passar por uma cirurgia com o intuito de corrigir um Prolapso da Válvula Mitral (PVM), conhecido como sopro no coração, uma anomalia cardíaca.



A notícia foi confirmada pela família do artista, que ganhou notoriedade ao integrar a dupla João Carreiro & Capataz entre 1999 e 2013.


João Carreiro & Capataz lançaram vários álbuns e conquistaram fãs em todo o Brasil. Algumas de suas músicas mais conhecidas são "Prefácio", "Recaídas", "Bruto, Rústico e Sistemático" e "Lágrimas de Crocodilo". A parceria entre João Carreiro e Capataz durou até 2013, quando decidiram seguir caminhos separados.


Como já critiquei inúmeras vezes neste mesmo blog, o mercado sertanejo sempre proporciona as mesmas tendências e repete padrões. Mas em meados dos anos 2000, João Carreiro, ao lado do seu então parceiro, Capataz, viraram o mercado sertanejo de cabeça para baixo, com a mistura da viola caipira e a guitarra elétrica, tudo isso com letras que falavam sobre a defesa da cultura sertaneja e até de assuntos divertidos.


Seu timbre grave, suas composições e a forma com que tocava sua viola eram diferentes de tudo que já tinha sido apresentado. É possível afirmar que João Carreiro foi um dos últimos que conseguiu alcançar o topo no gênero com originalidade e acreditando em sua música.


Sua partida deixa um vácuo dentro da música sertaneja, que precisa cada vez mais de pessoas de verdade e que amam o que fazem, assim como João fazia.



Comments


bottom of page