top of page
  • Foto do escritorGabriel Quesada

Vinte anos de Fallen, primeiro e maior sucesso do Evanescence

Foi em Fallen, clássico inigualável do Evanescence, em que o mundo ouviu a voz de Amy Lee pela primeira vez. O CD chegou às lojas no dia 4 de março de 2003, e foi o arranco que o grupo americano precisava para emplacar uma carreira pra lá de brilhante.


Conheça a história do álbum de alternative metal que foi um sucesso de vendas e se tornou um verdadeiro cartão postal de uma das bandas mais importantes dos anos 2000.



Após a publicação de três EP’s e uma demo com pouca repercussão, o grupo nascido em Little Rock, Arkansas, ainda não tinha contrato assinado com nenhuma gravadora até a gravação de Fallen, quando experimentou uma série de estúdios até obter um resultado satisfatório. Apesar da maior parte desses estúdios, incluindo o consagrado Conway Record Studios, estarem localizados na Califórnia, a gravadora escolhida pela banda para assessorá-la no lançamento do seu primeiro grande trabalho foi a recém formada Wind-Up, de Nova York, em razão principalmente da sua distribuição, que ficava por conta da Sony Records, rede muito influente no mercado da época.


Agora, de casa nova, o grupo originalmente formado por Amy Lee (vocal e piano) e Ben Moody (guitarra), pôde finalmente pôr em produção um projeto que vinha sendo idealizado há muitos anos.


Fallen possui doze faixas, incluindo a versão da banda de “My Immortal”, e foi construído através de um compilado de letras escritas pela dupla durante quase uma década, desde o nascimento do Evanescence, em 1995. O disco segue uma linha de composição que traz referências desde o mais tradicional emo e gótico, até complexos arranjos de metal e sequências de piano dignas de grandes orquestras, e faz tudo isso em cima de belíssimas versos carregados de melancolia e regados por lamentações catárticas.


Abaixo, a setlist completa de Fallen (2003):


  1. Going Under

  2. Bring Me To Life

  3. Everybody’s Fool

  4. My Immortal

  5. Haunted

  6. Tourniquet

  7. Imaginary

  8. Taking Over Me

  9. Hello

  10. My Last Breath

  11. Whisper

  12. My Immortal - Band Version



O álbum estreou em sétimo lugar na Billboard 200 e recebeu críticas positivas de diversas outras revistas e bases de dado norte-americanas, como a Entertainment Weekly e a Allmusic, e estampou o terceiro lugar no pódio de vendas de CDs nos Estados Unidos após vender mais de 140 mil cópias com uma única semana de publicação. Não demorou para Fallen conquistar um disco de platina e explodir mundialmente. Hoje, o álbum tem por volta de 17 milhões de cópias vendidas no mundo todo e acumula sete premiações reconhecidas pela Associação Americana de Indústria de Gravação.


Dentre os principais sucessos do piloto do Evanescence estão “Bring Me To Life”, canção imortal que fez parte da trilha sonora de Daredevil, da Marvel, “Going Under” e “My Immortal”.


Para aproveitar o sucesso da Fallen e continuar divulgando o trabalho da banda, Ben Moody e Amy Lee saíram em uma turnê, que recebeu o nome de Fallen Tour, e se apresentaram em diversos países ao redor do mundo.


E para comemorar o aniversário de vinte anos do trabalho que mostrou ao mundo a que veio o Evanescence, o grupo anunciou uma nova turnê, que terá início na Austrália, no dia 24 de agosto deste ano, e segundo especulações, pode passar

pelo Brasil durante o festival Knotfest, em São Paulo, no segundo semestre. Então aproveite para ouvir esse clássico, curtir esta nostalgia e se preparar para um possível show histórico da banda no país.




Comments


bottom of page