• Guilherme Moro

Entrevista: Val Santos fala sobre o álbum "1986"

Val Santos é um dos nomes mais versáteis do Heavy Metal brasileiro. Com vasta experiência em seus de 25 anos de carreira, em seu primeiro álbum solo, Val aposta na sonoridade thrash metal e heavy metal, que dominou a década de 80 e influenciou roqueiros em todo o mundo.



Não à toa, o álbum de estreia do roqueiro leva o nome de “1986”, já que neste ano em específico foram lançados os lendários discos ”Master of Puppets” (Metallica), “Reign in Blood“ (Slayer) e “Peace Sells... But Who’s Buying”? (Megadeth).


“1986” conta com diversas participações especiais de artistas importantes da cena.


“Pra esse disco ficar do jeito que eu queria, tive que chamar alguns amigos para participar comigo. Em cada música convidei um músico que eu achava que tinha o estilo dela. Muita gente boa participou. Acho que tem uns 20 convidados e o disco não seria tão legal se não contasse com todos eles. Pretendo fazer uma parte dois também e convidar mais amigos para participar”, comenta Val.



Mais que uma volta no tempo, o primeiro álbum solo de Val Santos é a prova de que o metal continua atual e poderoso como nunca. Val comentou sobre a atual cena do metal no Brasil:

“O rock, no geral, voltou para o underground e isso não me incomoda. Agora com a pandemia não da pra avaliar muito. No Brasil é muito difícil viver de música, ainda mais falando de Heavy Metal. Tem muita banda boa surgindo por ai”.