• Guilherme Moro

Entrevista: KATZ lançam "CLACK BOOM" e balançam cenário da música pop

Com inspiração na sonoridade dos anos 2000, mas sem deixar de lado o pop atual, a girlband KATZ lança o clipe da faixa “CLACK BOOM”, que em menos de uma semana ultrapassa a marca de 200 mil vews no YouTube. O vídeo foi produzido por Daniel Zee aka Seven Zee.


Foto: Seven Zee

Dentro do "Generation NXT", o trio lançou um desafio para que seus fãs escolhessem o próximo lançamento do grupo. No início do mês, elas divulgaram três trechos de músicas inéditas no TikTok e a escolhida para ser lançada seria a que acumulasse o maior número de criações diárias na rede e "CLACK BOOM" foi a grande vencedora.


“Em duas semanas tivemos que compor a música, criar o arranjo e fazer a coreografia. Escolhemos os figurinos mais neutros, para combinar com as outras músicas, além de “CLACK BOOM”. Não dava tempo de criar um figurino diferente para cada música. Como a gente não sabia qual música seria a escolhida pela galera e logo em seguida precisávamos ter o clipe gravado, tivemos essa ideia de criar um figurino mais neutro, que combinasse com todas as músicas. Só fomos experimentar a roupa do clipe horas antes da gravação. Foram somente alguns ajustes e no final deu tudo certo”, conta Flavinha.


A chegada de “CLACK BOOM” marca uma nova fase na carreira das KATZ. Sucesso nas redes, o trio conta com mais de cinco milhões de visualizações em seu canal no YouTube. “Efeito Dominó”, primeiro single da banda, possui mais de 1.6 milhões de visualizações, enquanto "Boomerang”, seu segundo single, tem mais de 800 mil visualizações. Já “Kaboomda” soma mais de meio milhão de visualizações.


“Essa sonoridade dos anos 2000 e 90 foi algo muito natural. Não foi nada pensado, é algo que sempre nos influenciou. Temos um grande carinho pelas pessoas que nos assistem e que curtem o nosso trabalho. É muito gratificante’, relatam as KATZ.



Antes de começarem a gravar suas próprias músicas, as meninas ganharam notoriedade cantando medleys de sucessos do pop nacional e internacional. O medley mais assistido é o em homenagem ao grupo mexicano RBD, que conta com mais de 400 mil visualizações. Já o cover mais assistido da girlband é o da faixa “Shallow”. Este já ultrapassa a incrível marca de um milhão de cliques.


“Começar com música autoral é muito difícil. Os covers nos ajudaram a ter um público, desde a época que éramos calouras. Eles também ajudaram a mostrar nossa versatilidade. Como grupo cantamos um estilo de música, mas somos pessoas diferentes e, individualmente, temos nossas preferências e isso agrega muito. Esses covers são músicas que gostamos muito e trouxemos como ideia. A galera gostar e ter toda essa repercussão foi algo muito natural. Não teve nenhum plano matemático pra isso. Foi muito orgânico e as pessoas gostaram", comentam.



O TikTok é uma rede que desde o início da pandemia virou febre entre os internautas e ajuda a embalar diversas canções pelo Brasil afora. Com as KATZ não foi diferente. As meninas tiveram um crescimento de 80% no TikTok, acumulando mais de um milhão de seguidores e a impressionante marca de mais de 11 milhões de curtidas, se tornando um case no Brasil de boas práticas na plataforma.


“O TikTok nos trouxe um público que nem esperávamos. A gente cresceu muito rápido na plataforma. A partir disso surgiu o nosso projeto ‘Crie Com KATZ’ e o convite para participar do ‘Generation NXT’. O TikTok virou nosso parceiro e está nos ajudando demais a divulgar nossas músicas. Estamos muito felizes com o nosso atual momento. Tem pessoas muito grandes confiando no nosso trabalho. É uma oportunidade maravilhosa que estamos tentando agarrar ao máximo. Está sendo um processo bem importante”, comemoram.


As KATZ estão quebrando tudo e podem ser uma das maiores surpresas deste segundo semestre de 2021 e início de 2022. Quem vai duvidar?