top of page
  • Guilherme Moro

'Drowning', o novo single do The WAEVE

'Drowning', o novo single do The WAEVE, composto por Graham Coxon e Rose Elinor Dougall, já está disponível.



Fevereiro de 2023 pelo selo Transgressive Records, hoje a banda também anuncia uma série de datas no Reino Unido para março do próximo ano. A turnê levará The WAEVE em visita aBristol, Manchester, Glasgow, Leeds, Sheffield, Nottinghame Brighton, assim como o Lafayette de Londres. Uma música linda e arrepiante, 'Drowning' é a segunda faixa a ser lançada do primeiro álbum de estúdio da banda, e segue 'Can I Call You', que foi acompanhada por um vídeo dirigido por David J. East.


"Drowning" é uma das canções cinematográficas mais barulhentas do álbum. O single toca em temas como permitir-se ser subordinado a forças que não se pode negar, seja romanticamente ou pela vida em geral, de ceder ao delicioso risco de fracasso total e de esquecimento, independente do seu juízo... Liricamente vem de duas perspectivas diferentes, com o início vocal de Rose como um meio segredo íntimo, que depois se expande em notas ascendentes. Ao final, ouvimos o refrão de Graham, que se conforma com as marés crescentes de intensidade e aceitação de um destino compartilhado - ‘Hold on to me as the waters rise. Drowning again…’ / ‘Segure-se a mim enquanto as águas sobem. Afogando-se novamente…’ - Graham Coxon e Rose Elinor Dougall, The WAEVE Produzido por The WAEVE e James Ford (Arctic Monkeys, Florence & The Machine, Foals, HAIM) e gravado em Londres no início deste ano, 'The WAEVE' é um álbum de 10 novas faixas dos compositores Graham Coxon e Rose Elinor Dougall. A união de forças criativas em The WAEVE deu à dupla a oportunidade de ultrapassar suas zonas de conforto instrumental. Muitas faixas apresentam Graham no saxofone, um dos primeiros instrumentos que ele tocou como um jovem músico nos anos 80. O primeiro single ‘Can I Call You’ começa como uma balada e depois se transforma em um número estilo krautrock com um solo de guitarra de Coxon em expansão. O 'All Along' apresenta Graham com um cistre, um alaúde folclórico medieval. Rose toca piano e um sintetizador modular ARP 2000. O tempo pesado em todo o 'The WAEVE' lembra o rock folclórico e borrascoso de Sandy Denny ou John & Beverly Martyn, enquanto faixas como 'Kill Me Again' e 'Over and Over' lembram o rock dos anos 70 de Kevin Ayers ou Van der Graaf Generator, quase industrial em algumas partes.

bottom of page