top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Thaíde comemora 40 anos de carreira e estreia podcast Vamo que Vamo

É com seu clássico bordão que o rapper Thaíde batizou o novo projeto, o podcast Vamo que Vamo, em que recebe convidados renomados na música e da cultura brasileira em um papo informal ao lado da também rapper Ana Preta.



O podcast, com estreia marcada para esta terça-feira, 7 de março, às 19h, será veiculado semanalmente às terças e tem doze episódios na primeira temporada. No mês de março, a dupla Thaíde e Ana Preta já dá a tônica do podcast, pensado para ser plural em todos os sentidos, recebendo convidados do rap, mas também ativistas de direitos humanos, representantes LGBTQIA+ e pessoas de expressão social da atualidade.


Vamo que Vamo surgiu da vontade de Thaíde em dar continuidade à produção de podcasts, após ele ter sido o apresentador de um projeto vinculado a uma marca de eletrônicos em 2020. A nova empreitada serve para o artista colocar todo seu conhecimento sobre música e sociedade em pauta, além de engrossar as atividades que comemoram os 40 anos de sua carreira musical.


Ana Preta, rapper, produtora e empresária, divide a apresentação e recepção dos convidados, influenciando diretamente na escolha dos mesmos. Para Ana, a representatividade feminina e LGBTQIA+ é parte essencial do conceito do Vamo que Vamo e está mais do que garantida durante a primeira temporada. Ana Preta lançou seu disco de estreia, Ana Preta, em novembro do ano passado.


Neste mês de estreia, os convidados são:


EP 00 - 7/3: DJ Maxnosbeatz, Arnaldo Tifu, Malokero Anônimo e Deborah Crespo

EP 01 - 14/3: Marcelo D2

EP 02 - 21/3: Quelynah e Samuel Porfírio

EP 03 - 28/3 (ao vivo): Preta Ferreira + convidados a serem divulgados



A respeito do novo projeto, Thaíde comenta que o Vamo que Vamo é um podcast descontraído, mas que não perde a seriedade dos assuntos que aborda, entre eles racismo, saúde mental e o corre do mundo artístico. “Eu não queria que fosse mais do mesmo. Quero que os convidados e convidadas fiquem à vontade para conversar abertamente. Acho que estamos no caminho certo”, afirma o músico. Já para Ana Preta, a chave de sua participação é a representatividade. “Representatividade é como defino minha contribuição ao podcast. Além de coapresentar, fiz questão de colocar muitas mulheres e representantes de minorias entre os convidados”, conta ela.


A transmissão do Vamo que Vamo é feita pelo canal oficial do podcast no YouTube, toda terça-feira, às 19h. Na última terça-feira de cada mês, a transmissão é ao vivo diretamente do estúdio. Vamo que Vamo é uma produção original da Apenas Produções.

Comments


bottom of page