top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Ricardo Herz e Camerata Fukuda se apresentam Teatro Brincante

O violinista Ricardo Herz estará com a orquestra jovem de cordas conhecida como Camerata Fukuda para apresentação gratuita no Instituto Brincante, no dia 27 de novembro, às 11 horas. Este é o quarto concerto deste projeto realizado com apoio da lei de incentivo à cultura e que dessa vez, também faz parte da comemoração dos 30 anos do Instituto Brincante.



Os concertos com a Camerata Fukuda fazem o lançamento do álbum "Ricardo Herz e Camerata Romeu| Nova Música Brasileira Para Cordas" , gravado em Havana, Cuba, em 2018. A Camerata Romeu é uma Orquestra de Câmara Feminina fundada em Havana em 1993 por Zenaida Romeu, com o objetivo promover compositores da América Latina. No repertório estarão composições de Ricardo Herz, arranjadas especialmente por ele para orquestra de cordas e violino solo. Arranjos que utilizam como base os ritmos brasileiros como o baião, o chamamé, a toada, o choro, misturados com a improvisação.


Ricardo Herz, violinista popular, ganhou o Prêmio Profissionais da música 2021 nas categorias Autor de Música Instrumental e Artista de Música Instrumental. Compositor e arranjador, criou estilo próprio, somando todas as suas experiências, da música erudita ao Jazz, MPB, Forró e Samba. Graduado em violino erudito pela USP, sua sólida formação também vem da renomada Berklee College of Music, nos Estados Unidos, e da Centre des Musiques Didier Lockwood. Desde 2010, Herz já lançou diversos CDs em duo: com o multi-instrumentista e compositor mineiro Antonio Loureiro, com o gaúcho Samuca do Acordeon e com o pianista, maestro e arranjador Nelson Ayres e com Yamandú Costa.





Camerata Fukuda Orquestra de Cordas, uma das mais importantes orquestras de câmera do Brasil, impondo alto nível técnico e artístico a seus integrantes, foi reconhecida e laureada em 1991 com o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte(APCA) de “Melhor Conjunto Nacional do Ano”. Foi fundada em 1988 pela violinista Elisa Fukuda e por Celso Antunes, seu maestro titular. É composta por 20 jovens com formação homogênea, muitos deles vencedores de diversos concursos nacionais. Gravou cinco CDs: “As Quatro Estações de Vivaldi”, Concertos para violino de J.S.Bach, “Convergências”, com obras de compositores brasileiros, Shostakovitch e Haydn no Theatro São Pedro, gravação ao vivo, e em 2009 “Camerata Fukuda 20 anos” com Vivaldi, Hayakawa, Hindemith e Britten.

Comments


bottom of page