top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Rev Beats faz as pazes com o adeus no single “Te Procurar”

O trio de produtores cariocas Rev Beats mostra um lado solar da despedida no seu mais novo single, “Te Procurar”. A canção propõe um diálogo entre as batidas e as cordas do violão para narrar o processo de distanciamento entre duas pessoas - mostrando que é preciso mais que pular os stories para seguir em frente.



Assista ao visualizer “Te Procurar”: https://youtu.be/8LJ5_eVplaU


Embora a proposta de Rev Beats seja esteticamente eletrônica, a música nasceu ao violão. A letra fala de superação de forma positiva. É sobre se libertar da influência romântica de alguém após o término de um relacionamento e a vontade de seguir em frente. O resultado foi uma música com energia inspiradora que dá força e ao mesmo tempo ajuda a relaxar, não deixando de lembrar momentos felizes.


“Ao longo da concepção e produção, a ideia foi sempre manter a simplicidade, dando uma onda intimista de cantar e tocar violão no quarto sozinho, mas também com um arranjo bem construído e bem pensado, passando uma sensação de tranquilidade e excitação”, revelam os produtores.


“Te Procurar” é o segundo single da Rev Beats, dando sequência à fase de lançamentos autorais do projeto. Depois da otimista “Viver em Paz”, o trio explora ainda mais suas raízes do pop, com violão acústico, beats e elementos percussivos característicos do Brasil, criando uma vibe pop leve.


Assista ao visualizer: https://youtu.be/rGN4Bn2jmcM


Os dois singles já revelados integrarão o primeiro EP da Rev Beats, somando 5 canções autorais onde a produção do trio carioca ganha destaque, mas com uma visão artística que vem desde a composição, a gravação e a interpretação. O projeto tornou-se uma forma de explorar novas influências para os músicos, como trap e funk, além das já familiares pop e pop rock.


Isso porque a Rev Beats se originou da banda Nós e os Pássaros e passou por uma transformação. Agora composto por Pedro Duque e Raphael Dieguez, membros remanescentes da formação original, o projeto decidiu adotar uma abordagem mais simples e eletrônica, permitindo uma maior liberdade de experimentação sonora. A entrada de Rodrigo “calli.” Duque, beatmaker e irmão de Pedro, adicionou uma nova dimensão às produções do grupo. As influências do funk, trap e reggaeton vieram à tona, resultando em um processo criativo que ultrapassa os limites do pop convencional.


A gama de estilos que Rev Beats reúne é reflexo de seus múltiplos talentos. Pedro Duque, com sua vasta experiência de 12 anos na música, assume variados papéis como compositor, músico, técnico de som, técnico de estúdio, cantor e guitarrista de bandas da zona norte do Rio de Janeiro. Raphael Dieguez, também conhecido como Moitz., além de tocar em diversas bandas, atua como produtor e engenheiro de som em estúdio do Rio de Janeiro. Sua experiência permitiu que ele trabalhasse com artistas tanto do mainstream quanto do underground.


Somando à formação atual, Rodrigo Duque, conhecido como calli., começou sua jornada musical soltando remixes na internet e, em seguida, lançou um EP com músicas originais por um selo internacional. Sua participação nas produções do Rev Beats trouxe um toque especial e uma nova direção para o som do grupo.


Após colaborar em projetos com artistas como Facção Caipira, Anastácia, Ju Santana, Bê Vieira e Vinícius, a Rev Beats transforma sua experiência assinando seu primeiro EP como coletivo e fazendo a transição da banda.


Os músicos exploram novos limites criativos e o álbum mostrará toda a sua versatilidade artística. Enquanto isso, é possível conferir “Te Procurar” e “Viver em Paz” nas principais plataformas de música.


Comments


bottom of page