top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Mineira Isaddora reforça originalidade e liberdade de expressão

No último Dia dos Namorados, 12, a cantora e compositora mineira Isaddora apresentou ao público o single “E Sendo Amor”, onde reforça as mais variadas maneiras de amar, com liberdade e autenticidade. Em sua produção audiovisual, não foi diferente. A artista apresenta um conceito estético pensado na originalidade e liberdade de expressão, em um “milkshake” de referências do mundo da moda, com um toque bastante contemporâneo.



No videoclipe e na capa do single, se destaca o casaco de pelúcia feito à mão pela própria artista, que remete às tribos Harajuku, originadas no bairro de mesmo nome, em Tóquio, Japão. Essas tribos abrangem estilos que variam desde o adorável kawaii, até a estética punk, gótica e camp, com as quais Isaddora se identifica. Além disso, sua maquiagem é uma homenagem à icônica modelo e atriz dos anos 60, Twiggy.


“Busquei trazer amigos e a minha família de eleição para participar do videoclipe. Nós da comunidade LGBTQIAP+ nem sempre conseguimos a aceitação de nossa família de sangue, então acabamos elegendo pessoas para formar a família de nossas vidas. Não tenho nem palavras para descrever a emoção da participação de todo o elenco, inclusive de Thais, minha esposa. Acho que as pessoas se sentiram muito à vontade e representadas pelo amor que a música passa”, comenta Isaddora, que assina a composição em que salienta as diferentes formas de manifestações do amor, sua universalidade e sua capacidade de conectar pessoas e tribos.


Ao criar e desenvolver o próprio figurino, Isaddora usa de sua imagem e identidade visual para reforçar sua forma de expressão individual. As cores vivas e vibrantes são parte integral do conceito visual, onde expressam energia, em uma atmosfera alegre e contagiante. Conectando cores ao som, o ostinato foi a base rítmica da música - uma frase rítmica ou melódica que se repete - proporcionando uma sensação constante de movimento e impulso. O uso de instrumentos percussivos, como o bumbo e a bateria, enfatizam a pegada energética da música, que adicionam um toque de vivacidade e calor à sonoridade e brincadeiras com a música eletrônica adicionam camadas e texturas, criando momentos de surpresa e impacto, com a marcante brasilidade do som.

Commentaires


bottom of page