top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Midas Music lança a coletânea #NewActs 4

O Midas Music tem o prazer de anunciar o lançamento de #NewActs 4, a mais recente edição de sua renomada coletânea dedicada a destacar novos talentos da música brasileira. Já disponível em todas as plataformas digitais, este álbum apresenta 12 faixas cuidadosamente selecionadas pelo produtor e empresário musical Rick Bonadio. Desde sua primeira edição em 2015, a série #NewActs tem trazido faixas de nomes que hoje dominam a cena musical, como Vitor Kley e Lagum.



Nesta quarta edição, #NewActs 4 continua a tradição de revelar artistas promissores, oferecendo uma mistura eclética de estilos que capturam a diversidade e a inovação da música brasileira contemporânea.


Julie Ramos | Julie Ramos ocupa seu espaço no indie brasileiro com "Sobrevoar", uma música que descreve como "um encontro consigo mesmo. A música é um ponto de encontro de todos que se identificam com a mensagem."


Luccas Simoneto | Artista independente de Limeira, São Paulo, Luccas Simoneto começou sua trajetória musical aos sete anos. Sua faixa "Dois C’s" foi composta na estrada e aborda a responsabilidade e a fé inabalável: "Ela relata que a nossa vida é nossa responsabilidade, e que os nossos sonhos podem se realizar se formos comprometidos e tivermos a fé inabalável."


Gladstone |Formada por Gabi Medeiros, Stevan Vieira e Gabriel Cirilo, a Gladstone apresenta "Redenção", uma música sobre um relacionamento codependente. "É o primeiro single da Gladstone e uma música de extrema importância pra gente," afirma a banda.


RAMAY | Lucas Godoy, conhecido artisticamente como Ramay, é um cantor, compositor, produtor e musicista nascido em Curitiba. Com 33 anos, Ramay se destaca na cena pop rock e reggae, deixando sua marca por onde passa. Sua faixa "FUGIR PRA LONGE!" no álbum é uma reflexão sobre a jornada da vida: "Problemas virão, situações irão acontecer. Mas serve para a gente evoluir durante a nossa caminhada por aqui. NEM TODA FELICIDADE É PRA SEMPRE! E NEM TODA TRISTEZA É ETERNA!"


Anna Orsi | Com apenas 15 anos, Anna Orsi já compõe desde os 12. Em "Em 'Only When It Rains' talvez esteja nítido que escrevi em um dia chuvoso... escolhi a chuva como representação de tudo isso,". Na faixa, Anna explora a intensidade dos sentimentos juvenis.


Luiza Fritzen | Luiza Fritzen, com sua voz doce e única, canta desde os 11 anos. Segundo a artista, "Arrepio" é "Uma música sobre o arrepio que a pessoa certa causa na gente, a vibe de viver uma ‘paixonite’ outra vez, num ritmo super envolvente".


Gabriel Luz | Cantor e compositor baiano, Gabriel Luz traz a calmaria do reggae pop em "Ao seu dispor". "Fala sobre a importância de deixar livre quem se ama, e sobre o que é verdadeiro ficar," reflete Gabriel.


Luccas Sena | Após uma trajetória com banda autoral, Lucas Senna iniciou sua carreira solo em 2020 e vem se apresentando em diversos festivais. Sua música "Qualquer lugar" é descrita como "aquela música vibe boa, cheia de energia para um dia bonito, feliz, pra mandar pra quem ama, pra ouvir na estrada, pra contemplar o agora em lugares que você goste acompanhado de quem te faz bem."


Bárbara Lopes | Natural de Montes Claros, Minas Gerais, Bárbara Lopes se destaca no sertanejo. Sua música "Embalagem vazia" é "uma música escolhida com muito carinho, feita por um grupo de compositores de Goiânia" e retrata experiências cotidianas com melodia envolvente.


Zart | O baiano Zart, agora residindo em Santa Catarina, traz uma nova estética musical em "Tipo Radar", uma música sobre a reconquista no amor. "Música que fala sobre pessoas que gostam uma da outra, mas que ao mesmo tempo a tarefa da reconquista parece estar apenas nas mãos de uma delas," explica Zart.


Renata Loureiro | Atriz, cantora e compositora de Niterói, Renata Loureiro estreia com a música "Passarinho". Ela descreve a faixa como "um canto de liberdade". Ela - a música - traz a mensagem de voar para longe de pessoas e lugares que não nos fazem bem para que, assim, possamos voar e sermos livres amando e respeitando quem somos."


IndNine |Formada em 2002, a banda IndNine combina influências de Foo Fighters e outras referências, criando um som único com letras em português. "'A Espera' é uma música carregada de emoção e energia. Desde o início já tínhamos em mente que seria ela para a gravação," diz a banda sobre sua contribuição para a coletânea.

Comentarios


bottom of page