top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Luizinho Lopes faz shows de lançamento de seu novo álbum em São João Del Rei e Juiz de Fora

Luizinho Lopes faz shows nos próximos dias 3 e 10, em São João Del Rei (MG) e Juiz de Fora (MG), respectivamente, para lançar o álbum "Como Seria Explodir Um Amor Tão Concreto Duro de Partir?", que foi disponibilizado nas plataformas digitais e em vinil, no último dia 6 de outubro.


Foto: Marina Costa

O talentoso compositor, cantor e violonista, tem quatro décadas de carreira musical e impressiona por sua qualidade e criatividade, características que marcaram sua jornada na música.


O novo álbum é uma jornada pelo universo do artista, capturando suas reflexões e experiências ao longo dos anos, especialmente durante o período de isolamento social imposto pela pandemia. Luizinho Lopes revelou que a criação deste disco foi uma resposta à solidão que você experimentou durante esses tempos desafiadores. "Compor esse disco foi uma necessidade. Eu fiquei muito sozinho durante a pandemia e era como um remédio aguentar aquilo", afirma.


Esse período de introspecção e reflexão também coincidiu com um processo de aposentadoria, permitindo que o artista se voltasse para suas composições de uma maneira única. "Era um momento de muita reflexão e eu estava em processo de aposentadoria, o que me deixou sem nenhum compromisso externo. Isso me fez aprofundar em todas as composições e, aí sim, pude de fato voltar pra mim."


O álbum, gravado nos estúdios Macieiras e Versão Acústica em Minas Gerais, traz uma equipe talentosa de músicos e produtores, incluindo Marcos Filho, Dudu Viana, Salomé Viegas e Luizinho Lopes na direção musical. A mixagem ficou a cargo do maestro Ricardo Itaborahy, e a masterização foi realizada por Luiz Tornaghi.


O repertório do álbum inclui 10 faixas, todas compostas por Luizinho Lopes, com exceção da canção "Em Menos de Um Minuto", em parceria com o renomado romancista Luiz Ruffato. Natália Vargas, cantora mineira, junta-se ao artista em faixas como "Canção de Ninar Mãe", "Hóstia da Noite" e "Mudou o Tom". Além disso, a Orquestra Sinfônica de São Petersburgo, da Rússia, faz uma participação especial na música "Órbita".


Para comemorar o lançamento do álbum, Luizinho Lopes planeja uma série de shows especiais que prometem envolver o público e compartilhar a essência do novo trabalho. "São shows que vamos passar para o público o que está no disco, na forma mais fiel possível." O álbum priorizou a presença de flautas, e Salomé Viegas foi responsável pela gravação de todas as dobras, bem como sugeriu a adição de mais instrumentos nas faixas. Durante as apresentações ao vivo, diversos músicos talentosos se juntaram a Luizinho Lopes no palco para criar uma experiência única.


"Vai ser muito especial, porque em São João Del Rei-MG, vamos gravar e filmar para lançar um audiovisual em 2024", finaliza.

Comments


bottom of page