top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Lou Garcia faz show de lançamento do álbum "Karuma "em São Paulo

Após estourar com o hit viral “Não Fosse Tão Tarde” e se firmar como destaque do indie pop brasileiro, Lou Garcia anuncia que vai celebrar da melhor forma possível o lançamento de seu álbum de estreia, “KARUMA”, para retribuir todo o amor que tem recebido: diretamente com os fãs. A cantora de 22 anos, que acumula mais de 50 milhões de streams nas plataformas digitais, promete entregar muita emoção em seu primeiro show solo, com banda ao vivo, às 21h do dia 8 de julho, na Casa Rockambole, em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo.



“Será meu primeiro show e estou muito ansiosa, mas é aquela ansiedade gostosa. Vou cantar para pessoas que realmente acreditam e gostam do meu trabalho e estão ali porque me amam. Estou muito feliz e quero muito ver como como as pessoas vão receber as novas músicas… Se vai ter gente chorando, se vai ter gente gritando”, afirma Lou, conhecida como uma das principais vozes das angústias e sentimentos da Geração Z.

Sobre o que esperar das canções, Lou explica que o álbum — cujo título remete ao termo japonês カルマ, que significa “carma” — é caracterizado por batidas animadas, ainda que envoltas por letras com histórias que ela mesma viveu. Outra ideia central presente no álbum é a multiplicidade de sentimentos concomitantes que disputam, de forma intrínseca e raramente indolor, o espaço do coração de cada indivíduo. “É um álbum que tem essa coisa de ter batidas muito felizes, de ter letras dolorosas, mas também de mostrar que a tristeza é necessária. Está tudo bem você sentir tristeza. [A música] não é algo que precisa ser triste de letra e também de batida. Pode ser algo que você consiga chorar dançando”, destacou.


Os ingressos custam entre R$ 50 e R$ 100 e podem ser adquiridos no site da Sympla (https://bileto.sympla.com.br/event/82766/d/194231/s/1307854), em até 12 vezes, mais a taxa de conveniência na compra online. A meia-entrada é válida para estudantes, professores e artistas. Há ainda a opção de meia-entrada social, voltada para o público geral, mediante a doação de 1 quilo de alimento não perecível, livros, roupas ou agasalhos. A casa de espetáculos possui área de fumantes e acesso para pessoas com deficiência. Os pagamentos no local podem ser feitos com cartões de crédito, débito e Pix.

Lou Garcia começou a traçar a narrativa fantástica que envolve a estética de seu álbum de estreia, “KARUMA”, através dos videoclipes de quatro faixas previamente lançadas em datas simbólicas deste ano: “ainda te busco”, liberado no YouTube no dia 03/03; “sen(ti)r perdeu a graça”, em 04/04; “vou te respirar”, em 05/05; e “incendiou”, em 06/06. Agora, em 07/07, é a vez da chegada do álbum “KARUMA” — com destaque para a quinta canção do disco, “te querer tanto”, que chega ilustrada por seu próprio videoclipe.

No decorrer de cada um dos vídeos, que transpiram sensibilidade a cada verso e são conectados por elementos que se repetem, é revelada um pouco mais sobre a relação íntima e antagônica da artista com a misteriosa personagem cujo rosto é escondido por uma máscara de coelho. Quanto a essa temática, o cenário do palco se encaixa perfeitamente com a proposta visual onírica do projeto “KARUMA”.

Há ainda outras cinco canções inéditas no disco, marcado pela contribuição da dupla Gustavo Schirmer (produção) e Nico Braganholo (mix e master): "te amar vai me matar (lento)", "o amor (acabou)", "vendo você se pôr", "substituível" e "despedida".

“Estou ensaiando há muito tempo para esse show e estou muito realizada com tudo. Tudo que a gente faz com amor fica muito mais gratificante no final. Espero que o show seja recebido também com muito amor”, acrescentou a artista baiana.

Lou Garcia, que já havia despontado como uma promessa musical da geração Z ao participar do programa The Voice Kids, em 2016, foi indicada ao TikTok Awards em 2022 na categoria "Não Nasci, Estreei!".

Inspirada por artistas como Lana Del Rey e Pitty, Lou define seu estilo como indie room, música feita dentro do quarto. É assim como surgem suas composições intimistas, que são caracterizadas por refrões envoltos por uma atmosfera retrô, mas, ao mesmo tempo, são marcadas por melodias contemporâneas.

Comentários


bottom of page