top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Linda Ramalho lança clipe nesta sexta-feira com direção de Robertinho de Recife

Depois do lançamento do EP “Adrenalina” nas plataformas de streaming, a cantora e compositora Linda Ramalho estreia o videoclipe da faixa título do projeto no próximo dia 3 de março, sexta-feira, em seu canal oficial no YouTube.



O clipe tem direção, roteiro e edição do músico e produtor Robertinho de Recife, colaborador em vários projetos de Zé Ramalho, produtor musical do EP de Linda, sua filha caçula. “O ponto de partida para a criação do roteiro foi a letra da música, a personalidade da Linda e sugestões dela e do Zé”, pontua Robertinho de Recife.


Pai e filha dividem o amor pelo rock, que dá o tom do projeto: foi Zé Ramalho quem deu de presente para Linda o álbum do Nirvana, e lhe apresentou artistas como Ramones, Jimi Hendrix e The Beatles.


“Adrenalina”, que abre o EP, é de Linda Ramalho e João Guilherme, baixista de banda e também professor de violão e teoria musical de Linda: “A melodia de ‘Adrenalina’ é do João Guilherme: eu já tinha a letra pronta, mostrei pra ele e o João foi fazendo a música no violão, é uma parceria nossa”, conta a herdeira mais roqueira de Zé Ramalho.


Sobre o EP “Adrenalina”


O primeiro EP de Linda Ramalho - que fez sua estreia fonográfica no projeto coletivo “Avôhai 40 anos – Remake pop rock”, com a gravação de “Voa voa” -, foi produzido por Zé Ramalho. Além da música título, Linda assina duas composições em inglês: “Nothing to hide” e “Same bad”. Completa o repertório “Eternas Ondas”, sucesso de Zé Ramalho gravado por Fagner 1980, agora na versão com pegada punk rock de Linda e sua banda, formada por João Guilherme (baixo), Caco Braga (bateria) e China (guitarra).


Em 2019 Linda Ramalho lançou o single “Quem é quem?” parceria da cantora e compositora com Paulo Pestana Jr. e Maurício Kyann, com arranjo eletrônico. Na sequência, dividiu com Rob Endraus (filho caçula de Robertinho de Recife) a faixa “Pelo vinho e pelo pão” (Zé Ramalho, 1979), que fez parte do tributo “A peleja do diabo com o dono do céu – remake pop rock” (2019).

Comments


bottom of page