top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

João Rock: projeto de acessibilidade garante inclusão no festival

A edição de 20 anos do João Rock se aproxima e, mais uma vez, prioriza a inclusão e a acessibilidade ao evento. O Festival acontece no sábado, dia 03 de junho, no Parque Permanente de Exposições, em Ribeirão Preto/SP. São mais de 30 atrações em 4 palcos e garantindo 14 horas ininterruptas de música e diversão. Os ingressos estão esgotados.



Para garantir o acesso de todos os públicos, a organização junto ao Banco do Brasil, patrocinador oficial do festival, investiu em uma estrutura com acessibilidade em todos os setores: camarotes, pista, área de alimentação e outros espaços de ativações. Além das adaptações de acesso e locais para curtir os shows, o atendimento humanizado, intérpretes de libras, filas exclusivas e audiodescrição também estão entre as ações desenvolvidas pelo evento.


Estarão disponíveis e sinalizadas áreas específicas e com fácil acesso para entrada e saída do festival, dentro dos camarotes e área de alimentação, além de banheiros adaptados em todos os setores.As filas também serão prioritárias, com caixas adaptados para atender pessoas com mobilidade reduzida.


Para apoiar todo este acesso de forma ainda mais efetiva, está a equipe da KIT LIVRE –marca que cria soluções capazes de aumentar a liberdade de pessoas que dependem de cadeira de rodas para locomoção – que oferecem adaptação de cadeiras de rodas em moto off-road, trazendo facilidade para a locomoção (inclusive para pessoas com mobilidade reduzida temporariamente como com o uso de talas e gessos).


Também haverá a implantação de "Rotas PCD" – caminhos para acesso de cadeiras de rodas, evitando a necessidade de atravessar multidões ou áreas íngremes e facilitando o trânsito dentro do evento.


Além disso, o evento contará ainda com a plataforma PCD – espaço elevado para acesso com cadeiras de rodas, que oferece melhor visão dos shows– e com audiodescrição, onde deficientes visuais poderão retirar um equipamento de áudio, que descreve tudo o que está acontecendo no palco.


Os quatro palcos do evento contarão com intérpretes de libras preparados para exibir a tradução de todos os shows. Ou seja, as mais de 14 horas de música ininterruptas que o Festival promete, serão traduzidas em libras.


Todos os projetos de acessibilidade são assinados pelo Banco do Brasil. Durante o festival, o BB apresentará ainda diversas interações com o público incentivando a conexão entre os valores compartilhados pelas duas marcas que se unem pela primeira vez.


Diversão para todos


A roda gigante que por mais um ano marca presença no festival, também terá cabine adaptada para acesso com cadeiras de rodas.Em parceria com o Banco do Brasil, o brinquedo de 22 metros de altura, proporcionará um visual incrível do festival. A participação é gratuita e com agendamento que deve ser feito no local.


Estamos sempre em busca de inovar e melhorar nossa estrutura para que todo nosso público possa viver de maneira inesquecível essa experiência que é o João Rock.O festival preza pela acessibilidade e pelo acesso e diversão de todos.”,afirmaMarcelo Rocci, um dos organizadores do João Rock.

Commentaires


bottom of page