top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Isabella Taviani se entrega ao samba em "Me Deixa Entrar Na Sua Vida"

Como alguém que fala muito de si em suas criações, Isabella Taviani lança seu novo single, “Me Deixa Entrar Na Sua Vida”, mostrando ao mundo sua faceta sambista. Embora pouca gente imaginasse, a cantora e compositora sempre gostou e frequentou o samba, o que tornou natural o processo.


Disponível nas plataformas digitais de música a partir do dia 19 de abril, o primeiro samba assumido e gravado por Isabella chega ao público após alguns outros terem ficado na gaveta, guardados para serem enviados a artistas do universo do samba - o que a artista acabava não fazendo. No novo desafio, Isabella chega, como canta a canção, pisando devagar.


“Eu já fiz alguns sambas, mas nunca pensei em gravá-los. Acho que por puro julgamento comigo mesma. Mas ‘Me Deixa Entrar Na Sua Vida’ encheu meu coração de belas energias, e então eu resolvi encarar meus medos e me aventurar por esse universo do samba, mas sempre respeitando e sabendo que não sou sambista. Sou brasileira e o samba está na nossa origem. É amor de verdade”, explica Isabella.


A música, porém, não teve uma elaboração destinada ao ritmo. Isso aconteceu naturalmente, conforme a composição avançava. “Ela não nasceu como samba, mas quando cheguei no refrão ele era tão ensolarado que não tinha escapatória! Mais uma vez, o deixei guardado para enviar para algum sambista. Mas, meses depois, pensei: ‘Mas por que eu não gravo isso? Que bobagem!’. Me aproximei de um produtor certo, o Rafael dos Anjos, e disse pra ele: ‘Vai com carinho porque é minha primeira vez’ (risos)! E o Rafa me disse: ‘Então vamos assinar este arranjo como um samba estilo Taviani!’”, revela a cantora sobre o processo.


O lançamento do single foi feito com cuidado em todas as frentes, incluindo o ensaio fotográfico da capa do single, que foi pensado a partir das referências sonoras e estética de LPs dos anos 1990, resultando em uma capa homenagem ao sofisticado cantor Emílio Santiago, com quem Isabella teve o privilégio de cantar - “e era botafoguense, como eu”, frisa a cantora. Emílio foi lembrado durante o processo de produção musical e criativo, e a capa do single, desenvolvida pelo diretor criativo Rodrigo Barros, teve sua inspiração no LP “Aquarela Brasileira” de Emílio, reverenciando a sua existência e seu legado no samba.


Aos que estão acostumados a ver Isabella envolta em ritmos mais suaves, como suas baladas de MPB, ou mesmo num tom mais nostálgico, como no álbum em que realizou um tributo ao Carpenters, a novidade pode até chamar atenção – mas não causará estranhamento. Afinal, apesar de estar adentrando uma nova seara musical aos 20 anos de carreira fonográfica, o amor, assunto quase que central de suas canções, seguirá como farol. Para Taviani, a canção tem batido no lugar da reinvenção, cruzando uma sensação de sair da zona de conforto e se sentir viva, seguindo sua busca pela renovação.


“Sou uma compositora que fala muito de si e, como brasileira que sou, o samba está em mim. Gosto dos sambas emocionantes, daqueles que transbordam poesia, como os de Cartola, Almir Guineto, Arlindo Cruz, e ainda o repertório da Clara Nunes, Beth Carvalho e Leci Brandão. Falar de amor é o meu ‘mood’ predileto, me sinto confortável neste ambiente. Mas falar de amor tem muitos caminhos, e também histórias infindas que vão carregando com elas os sentimentos mais profundos de quem escuta. Acho fascinante poder escrever meus amores e minhas catarses e encontrar no outro aquele sentimento: ‘eu sei o que você está passando!’”, diverte-se.


A mudança gerada pela ascensão das plataformas digitais de música foi algo que, sem dúvidas, facilitou o processo de legitimação de Isabella com a nova composição. “Ainda sou uma artista que valoriza a história de um álbum, mas uma das vantagens deste novo formato é a liberdade de me lançar por outros estilos musicais. Se isso fosse há alguns anos eu não teria feito, porque não encaixaria no contexto da obra de um álbum fechado. Mas estou feliz demais com este samba que é elegante, emotivo, pra fora, com belas melodias - e realmente ficou com a minha vibe. Espero que os fãs gostem e que a gente cante muito por aí!”, encerra Isabella Taviani.


Bình luận


bottom of page