• Guilherme Moro

Guito regrava "Morada do Sossego" na primeira tapera de Juma no Pantanal

A simplicidade rege Diogo de Brito Sousa, o cantor e ator Guito, que dá vida a Tibério de Pantanal. E foi o saudosismo de suas memórias afetivas que o levou a gravar o vídeo de "Morada do Sossego" na tapera da primeira Juma Marruá, Cristiana Oliveira. “A tapera da primeira edição está há anos ali, exalando história. História que transformou o rumo da minha vida”, comenta Guito. E com este registro o ator se despediu das gravações no Mato Grosso do Sul. O vídeo poderá ser conferido no canal do YouTube de Guito, a partir do próximo sábado, 25.



A composição de Maringá Borgert, tocada na novela por Tibério, dá sequência ao projeto de Guito como cantor, afinal, ele sempre diz, "...quero continuar com as minhas traias estrada a fora." Conhecido por sua ética e sua índole pautada pelo respeito à natureza, a vida simples, a sua música, e principalmente ao ser humano, Guito fez questão de conversar com Cristiana Oliveira, a Juma de 1990. “Eu quis mostrar o clipe para a Cristiana Oliveira antes de todo mundo, porque ela viveu aquilo, e é engraçado que a tapera ainda respira a Crica. Foi bem nostálgico para ela relembrar, e ficou super emocionada em ver o lugar sem todo aquele movimento”, diz o cantor sobre a reação da atriz.


Guito é cantor, músico, compositor, engenheiro agrônomo, ator e vendedor. O mineiro de Lavras formou-se motivado pela paixão que a novela despertou, quando ainda criança acompanhava a saga vivida por Zé Leôncio, no misterioso Pantanal. Hoje, vive o privilégio de ser o Tibério, com quem tanto se identifica, papel conquistado por esta semelhança, observada pelos produtores de elenco da novela.