top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Gabriel Aragão lança clipe “Rua Mundo Novo”, faixa-título de seu primeiro álbum solo

O cantor e compositor Gabriel Aragão mostra um novo olhar sobre sua canção “Rua Mundo Novo” com um clipe. A faixa dá título ao primeiro álbum solo do artista conhecido como vocalista da banda Selvagens à Procura de Lei e simboliza uma fase de renovação artística. Nesse novo trabalho, Aragão se despe do estilo indie rock e se lança em uma proposta de MPB contemporânea. O clipe foi filmado no estúdio da Space Atx, em Austin (Texas), como se fosse um quadro que ganha vida, com a direção de Clever Cardoso.



O vídeo evidencia o caráter quase filosófico da composição, com Gabriel Aragão apresentando a música de uma cadeira rígida, acompanhado em cena apenas por um crânio e uma pilha de livros pesados. Na letra, o músico canta um “oba oba” que remete a “Mas Que Nada” - uma celebração de um mundo de novas possibilidades que descortinam.


“Faixa-título do álbum, ‘Rua Mundo Novo’ foi escrita depois que assisti uma matéria sobre um cara que viveu na rua a vida inteira, mas que aos poucos conseguiu se reerguer até finalmente comprar sua casa própria numa rua chamada ‘mundo novo’. Aquilo me marcou muito, então a música foi um exercício pra mim de empatia, apesar de entender que só sabe o que é quem vive na pele, de me colocar no lugar do outro e escrever sobre sobrevivência x esperança. Tivemos como referências sambas do primeiro disco do Chico Buarque, além de ‘Construção’”, conta Aragão.


O clipe mostra mais uma faceta de “Rua Mundo Novo”, um álbum que já nasce veterano - produto de um artista com longa trajetória musical, agora cantando faixas profundamente pessoais. O disco foi produzido por Marcelo Camelo e gravado em Portugal, durante uma imersão criativa no estúdio do produtor. A participação de Camelo também é vista nas parcerias líricas, onde o próprio artista dialoga com gerações diferentes. O trabalho aborda temas que refletem a vida do nordestino que vive no Sudeste, abrangendo aspectos como a luta pelo seu lugar ao sol, estranhamento, saudade da terra natal, situações difíceis, adaptação e superação.




Comments


bottom of page