• Guilherme Moro

Fenômeno do Nordeste, Lucas Boquinha apresenta o ritmo Poeirão para o Brasil

Desde de 2020, um ritmo vem despontando no topo das plataformas de música do país: o piseiro. A expressão se tornou um estilo musical que representa o Nordeste.

Acelerando o ritmo do forrozão e da pisadinha, o cantor Lucas Boquinha é o principal representante do novo gênero que também dá nome ao seu mais novo álbum, “Poeirão”, Com um bpm mais rápido e referências do funk nas letras e nas batidas. “Acho legal essa ascensão do forró com o funk. Eu faço um pouquinho de tudo. Levo muita variação para meu público. O poeirão é um ritmo que esta vindo muito forte”, destaca Lucas.


Divulgação

Boquinha acumula hits durante sua carreira. O maior deles é “Desce Deslizando”, que só no Youtube já ultrapassa a marca de 20 milhões de visualizações. “Tive a felicidade de compor essa música. A gente não estava acreditando nela. Ela foi a última música a entrar no CD. Graças à Deus tive a oportunidade dessa música me levar para vários cantos do Brasil”, diz o cantor.



O mais recente sucesso é a faixa "Desafio Calcinha Challenge", que brinca com os desafios feitos no TikTok, como diz Boquinha: "Estamos tentando fazer ela virar um hit. Tive o prazer de ter meu amigo MC M10 participando com ela. Esse desafio está fazendo o maior sucesso".


O nome artístico, Lucas Boquinha, com certeza gera curiosidade em fãs e pessoas que ouvem falar do cantor. Perguntado sobre como surgiu o apelido, ele diz: "Primeiramente é por causa da minha boca (risos). Meu pai tinha o apelido de Boca e eu acabei virando o Boquinha por ser filho dele".


Nascido em Ceará-Mirim, cidade de 73 mil habitantes próxima a Natal, Lucas Boquinha começou sua vida artística tocando bateria em grupos de forró aos 15 anos. Em 2018, iniciou sua carreira solo e virou nome frequente nos piseiros e paredões do Nordeste. Tendo a irreverência e bom-humor como marcas registradas, o cantor que costumava fazer seus shows vestido de superman antes da pandemia sempre traz pitadas de comédia aos seus projetos. “Eu sempre gosto de fazer vídeos mais engraçados, dançando de um jeito diferente, brincando sempre. Acho que ainda mais nesse momento que a gente está vivendo, nós artistas temos mais é que levar bom humor e esperança para os nossos fãs”, revela Boquinha.


O álbum foi lançado no dia 1º de abril em todas as plataformas de música e no YouTube.