top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Falamansa e Alceu Valença apresentam "Versão Brasileira" em São Paulo

O maior patrimônio do Brasil são os diferentes e excelentes gêneros musicais que fazemos por aqui. E no dia 20 de abril de 2023 (quinta-feira), véspera de feriado, o Espaço Unimed promoverá uma enorme celebração da nossa música brasileira com o projeto “Versão Brasileira”. A casa oferece ao público dois grandes shows na mesma noite: Alceu Valença e Falamansa.


No show "Forró Lunar” , Alceu Valença mostra o melhor de seu repertório de xotes, forrós, baiões, toadas e emboladas – gêneros surgidos no agreste e no sertão do Brasil profundo, assimilados diretamente da fonte pelo cantor, nas festas, feiras e alto-falantes de sua São Bento do Una natal.


Sob esta influência, revisitada em sua faceta sonora mais universal, o cantor mostra sucessos de sua lavra, como “Coração Bobo”, “Cabelo no Pente”, “Tropicana”, “Táxi Lunar”, sempre presentes nas festas juninas mais antenadas de nosso tempo. Dentre as novidades: “Meu Querido São João”, tema do filme “A Luneta do Tempo”, escrito e dirigido por Alceu, que ganha novo arranjo; e “Pagode Russo” (Luiz Gonzaga - João Silva), clássico do forró recriado pelo cantor em seu novo single. O show inclui ainda hits como “Belle de Jour”, “Anunciação”, “Girassol”, “Pelas Ruas Que Andei”, “Tropicana”.



Sem perder a conexão banda larga com a tradição, o cantor recria um módulo de Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro. Pilares da construção da identidade musical nordestina, temas como “Baião”, “Xote das Meninas”, “Vem Morena”, “Sabiá”, “Pagode Russo”, “Sala de Reboco”, “Olha pro Céu”, “O canto da Ema” reafirmam com vigor que, assim como a embolada, o forró de todos os tempos também não tem parada.

Já o Falamansa, não poderia ser diferente e promete uma grandiosa apresentação com seus sucessos de carreira. Não faltarão no repertório hits como “Xote da Alegria” e “Rindo à Toa”.

Rompendo todos os paradigmas comuns para um grupo musical, completa 23 anos de atividade ininterrupta e com a mesma formação. Se já não bastasse essa estatística ímpar no cenário musical brasileiro, a banda ainda ostenta ao longo de todos esses anos uma fidelidade cultural sem precedentes e uma linha temática em suas letras que caminha contrária a tudo o que acontece no mercado fonográfico nacional.


Tamanha ousadia ideológica, que para muitos seria um convite ao fracasso, nas entrelinhas do Falamansa se apresenta como a fórmula do seu sucesso, fazendo de sua sonoridade algo único e mantendo sua identidade intacta e inabalável. São mais de 8 milhões de discos vendidos, 13 álbuns, 2 DVDs e 1 Grammy Latino na bagagem, além de muitas outras premiações ao longo da carreira.


Tudo isso sem nenhum desvio de rota na sua proposta rítmica inicial, mantendo viva e presente a cultura brasileira do forró em seus trabalhos e sem nenhuma necessidade de apelação nas suas letras, fincando a cada obra, mensagens de alegria, fé, motivação, amor, superação atrelando a consciência social e ambiental, como estandartes de cada projeto.

Os ingressos já estão à venda.

コメント


bottom of page