• Guilherme Moro

Entrevista com MC Niack, a maior revelação do funk em 2020

Em 2020, o mundo do funk teve MC Niack como seu mais novo representante. O artista foi o que ficou mais tempo no topo da lista de streaming do Brasil e chegou até a Billboard, o que foi um feito inédito para o gênero. Com números gigantes em apenas um ano de carreira, Niack começa 2021 com o pé direito soltando nas plataformas a música "Nervosinha", com participação de MC Kekel, que será lançada no dia 15 desse mês. Assim como ele, o Blog Música Boa inicia 2021 de maneira ascendente, entrevistando a maior revelação do funk em 2020. Com vocês: MC Niack.


Foto: (Marcos Hermes)


Blog Música Boa

Você iniciou a carreira no começo de 2020 e já se demonstra um dos grandes nomes do funk em nosso país. Quando se deu o seu despertar musical e como você vê toda essa reviravolta que aconteceu na sua vida?


MC Niack

Eu comecei há um ano e, graças a Deus, muita coisa mudou. No início de 2020, eu criei meu canal no Youtube, do zero, e tive a ideia de colocar minhas próprias músicas de maneira independente, sem nenhuma produtora e investidor. O foco era só internet. Foi assim que minha carreira começou. Em um ano eu estourei três músicas.


Blog Música Boa

O pontapé inicial em sua carreira, se deu após conversar com DJ’s e MC’s para tentar gravar suas próprias músicas. Desde quando você compõe? Qual a sensação de ter um país inteiro cantando suas músicas, inclusive famosos como o Neymar?


MC Niack

Eu comecei a compor no meio de 2019, mas eu não gostava das minhas composições. Eu já tinha criado meu canal nessa época e postei três músicas, mas como não gostei, acabei apagando. Quando a galera começou na ouvir e curtir as minhas músicas, foi um choque de realidade. Eu não estava preparado para a fama. Foi tudo muito rápido. Eu me sinto muito feliz, é gratificante ver o pessoal cantando e escutando as minhas músicas. Sempre tem uma DM ou um Direct de alguém escutando “Oh Juliana”, “Na Raba Toma Tapão” e outras músicas. Agradeço muito aos meus fãs e a todos que ouvem minhas músicas. Fiquei sabendo do Neymar via Direct. Na hora eu fiquei eufórico de ver aonde que minha música chegou. Acho que foi em uma partida de Champions League que ele ouviu a música. Eu sou muito fã do Neymar e foi um baque o ver ouvindo minha música. Foi um verdadeiro choque no meu sistema (risos).


Blog Música Boa

Você e sua equipe já estão montando um planejamento de shows a nível nacional para a volta dos eventos?


MC Niack

Sim, já estamos montando toda a estrutura e ensaiando os shows. Infelizmente não podemos colocar o show na estrada devido a essa pandemia, mas se Deus quiser essa vacina vai chegar logo e vamos poder mostrar nosso show pra galera e sentir toda a energia deles. Eu estou muito feliz e confiante com o trabalho que a gente vem desenvolvendo para os shows.


Blog Música Boa

Niack, você é natural de Ribeirão Preto – SP. Apesar de ser uma grande cidade, ela fica no interior de São Paulo e longe das grandes capitais, onde estão os maiores produtores do funk. No início, você sentiu dificuldades para trabalhar suas músicas por morar no interior paulista?


MC Niack

Olha, eu não senti. Minhas referências são todas do funk paulistano, o famoso “mandelão”, que é uma vertente do funk. É um pouco mais dançante e acelerado. Eu quis seguir essa vertente, só que com um pouco mais de elementos melódicos. Geralmente o funk “mandela” é um pouco mais falado, já eu quis seguir esse caminho mais melódico e criei uma própria vertente. Fico muito feliz com isso, porque tem várias pessoas fazendo um funk nesse estilo.


Blog Música Boa

Seu mais novo HIT é “Vem Na Tremidinha”, lançado pela Warner Music do Brasil, sua nova gravadora. O aval dessa gigante no meio do entretenimento musical, passa uma maior segurança para poder buscar maiores voos em sua carreira?


MC Niack

Quando eu era independente, eu não tinha estrutura para manter minha fama e a levada que eu estava no funk, sabe? Agora com a Warner, eu estou tendo todo o aparato e creio que isso vai me dar muitos anos de carreira. Não vai ser algo momentâneo. É um projeto longo de carreira. Agradeço muito a eles por chegarem com o contrato. Graças a Warner, tem muita coisa grande por vir, inclusive internacionalmente falando.


Blog Música Boa

Você pretende ampliar seus horizontes musicais gravando músicas de outros gêneros?


MC Niack

Pretendo sim. Inclusive eu escuto diversos outros gêneros musicais. Quero fazer Love Song, R&B, entre outros estilos. Quero ser um artista plural. Na música, quero ser versátil e não ficar apenas em uma vertente.


Blog Música Boa

Niack, você se tornou o primeiro brasileiro a entrar na lista mundial de singles globais, Billboard Hot 200. Qual a sensação de conseguir um feito desse com menos de um ano de carreira?


MC Niack

Quando isso chegou pra mim eu achei que era brincadeira. Eu fiquei em êxtase, porque representar o Brasil na Bilboard, com um funk que ainda é um gênero discriminado, querendo ou não, foi algo muito gratificante. Até hoje eu não acredito. Eu acordo feliz da vida todos os dias. Eu não tinha ideia de que ia chegar nesse ponto. Foi um grande feito.


Blog Música Boa

Quais seus planos para o futuro? Tem música nova vindo por aí?


MC Niack

No dia 18 vai sair uma música com o Kekel, que inclusive estou gravando o clipe hoje e no mesmo dia irá sair um clipe internacional com o Maejor e a Sofia Reis. As músicas estão muito boas e em janeiro já tem Hit pra ser lançado, (risos).


Blog Música Boa

Para encerrar, gostaria de saber como é voltar para a sua cidade e o bairro em que nasceu após ter conquistado o sucesso? É algo que te deixa orgulhoso?


Muito, cara! Quando a gente faz um trabalho que gostamos, fazemos com muita alegria. Quando eu vou pra casa, sinto que meu dever foi cumprido. Sempre volto realizado. É isso que me faz querer estar na música e seguindo a minha carreira. Não consigo nem expressar isso, é algo inexplicável.

 

Gostou da matéria? Para conferir todas as nossas postagens, CLIQUE AQUI.


Siga o blog nas Redes Sociais: Facebook, Instagram