• Guilherme Moro

Entrevista: Ana Clara traz o batuque do samba em seu novo DVD

Em clima de festa, Ana Clara lançou na última semana o aguardado DVD “Batucada da Ana Clara”. Para participar desse grande projeto, Ana convidou grandes nomes do samba: Turma do Pagode, Kaique do Di Propósito, Guga Nandes, Marvilla e Alexandre Pires. Produzido por Prateado, o DVD “Batucada da Ana Clara” será dividido em quatro partes, que serão lançadas bem há tempo de todos curtirem o verão com a trilha sonora perfeita.


"O projeto é um DVD que era pra ser gravado antes da pandemia. Ficamos naquela pendência de grava ou não grava, né? Ninguém sabia direito o que era o coronavírus. Ficamos um ano e meio esperando e graças a Deus, em junho, conseguimos gravar efetivamente esse projeto. O ano passado a gente já tinha conseguido fazer alguns shows e sempre com esse nome de “batucada”. Eu acho um nome super informal, que as pessoas já se identificam muito fácil. Na pandemia também fizemos uma live chamada “Batucada da Ana Clara”. Esse DVD foi todo pensado pra ter a minha personalidade. Ele fala sobre mim e mostra um pouco da minha história", comenta a cantora.



Ana Clara participou de muitos projetos de outros artistas, como no DVD “Elas Em Evidências”, convidada por Chitãozinho & Xororó, “Zeca Pagodinho : 6.0 Homenagem”, cantando a faixa “Beija-Me”, o DVD de 10 anos do Grupo Sambaí, entre vários outros. Deste vez, Ana foi a anfitriã e organizadora da batucada, chamando diversos amigos do samba para esse novo trabalho.


“Não teve nenhum crivo para escolher as participações. Eram pessoas que eu já considerava minhas amigas. Eu acho que isso é importante quando se canta com alguém, porque você troca energia com essa pessoa. Vai muito além. Felizmente são pessoas que estão em uma renovação, que eu acho muito importante nesse momento para o mercado. São grandes vozes. Guga é maravilhoso cantando, o grupo Di Propósito chegou chegando, Marvila, dispensa comentários: mais uma mulher que faz parte de um movimento incrível. As mulheres chegaram e isso deve ser respeitado. Acho que os homens tem sim que abaixar a cabeça e respeitar esse movimento, porque ele é nosso. A Turma do Pagode não poderia faltar, porque não dá pra fazer uma batucada sem os batuqueiros”, diz a sambista.



Com mais de 500 mil seguidores nas redes sociais, a catarinense acumula 13 anos de carreira e um público fiel por onde passa. Ela falou sobre como interage com seus fãs e de que maneira trabalhou esse aspecto na pandemia:


“A rede social aproximou muito o artista do fã. Agora na pandemia a gente se conectou muito com eles. Isso é muito positivo. Obviamente que tudo na vida tem os prós e os contras. Eu nem sempre consigo ficar alimentando os fãs diariamente. Posto algumas fotos, dou um oi nos stories, mas nem sempre faço isso. Nem todo mundo me segue por ser cantora."


O volume um de “Batucada da Ana Clara” conta com quatro músicas, incluindo duas inéditas. Hoje, com mais de 20 milhões de views no Youtube e dona de um timbre de voz diferenciado, Ana Clara é considerada a nova revelação feminina do samba, ganhando espaço no mercado, encantando os fãs, cultivando amizades por onde passa e levando a sua música para o Brasil. Ela encerrou falando sobre as expectativas da repercussão deste projeto e da volta dos shows:


“As expectativas são as melhores possíveis. É um projeto que está sendo elaborado há algum tempo. O ano passou tão rápido e a gente viveu meses tão difíceis. Quero que esse trabalho acalme os corações das pessoas. Estou na expectativa por conta disso. Gosto desse feedback. A gente sente muita falta da aproximação das pessoas também, da roda, da batucada. Em breve estaremos juntos novamente”.