top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Duelo de titãs: Armada e O Preço sobem no ringue do Hangar 110

Faz sete anos que a banda punk rock Blind Pigs anunciou o fim das atividades, com a saída de um dos seus fundadores, o guitarrista Christian Targa, conhecido como Gordo. Do fim turbulento, surgiram duas bandas: de um lado a Armada, formada por quatro quintos do Blind Pigs - incluindo o vocalista Henrike e o tripulante recém-chegado, Ricardo Galano -, e de outro O Preço, composto por Gordo e três novos integrantes.


Se os fãs do Blind Pigs ficaram decepcionados com o anúncio do fim de um dos principais nomes do punk rock dos anos 90, ganharam também duas novas bandas para escutar que estavam dispostas a não perder tempo. O Armada lançou em 2018 o álbum “Bandeira Negra”, em 2019 o EP “Ditadura Assassina” e se prepara para o lançamento de um disco inédito ainda neste ano. Já O Preço fez sua estreia em 2019, com o álbum homônimo, e conta com o EP “Sonhos de Televisão” de 2021.



No entanto, entre uma farpa e outra, ficava clara a rivalidade entre as bandas e a certeza de que não só o Blind Pigs não voltaria, como também, que Armada e O Preço jamais tocariam juntos. Alguns anos se passaram e a gravadora que detinha os direitos das últimas gravações do Blind Pigs resolveu lançar o material, que deu origem ao álbum “Lights Out” (2021) e ao EP “The Last Testament” (2022). E com isso, veio toda a burocracia, que colocou os integrantes novamente em contato. Assim, o que parecia impossível, deixou de ser.


No dia 3 de junho, Armada e O Preço se apresentam no Hangar 110, no palco que consagrou o Blind Pigs com shows históricos no começo dos anos 2000. Além das duas bandas, Fibonattis e Injetores também se juntam à festa, que terá início às 19h.


Para os fãs, resta saber, agora, se é (im)possível que aconteça aquele ‘bis’ que reúna as duas bandas para relembrar o Blind Pigs. Será? Só indo ao show para descobrir!

Comments


bottom of page