• Guilherme Moro

Drax Project retorna com o novo e funkeado single: “Crazy”

Um dos maiores grupos da Nova Zelândia, Drax Project comemora o lançamento de seu primeiro single desde que o país emergiu do lockdown. É hora de ficar louco! Voltado às pistas, este pop-funk com toque de club retrô é um hino agitado e dançante.

“Crazy” envolve as melodias de pop RnB combinadas com o jazz de Drax Project, potentes elementos rítmicos numa forma contemporânea. Juntando-se aos produtores indicados ao Grammy, Grey - criadores de “The Middle” e “Starving” - e ao vencedor do Grammy Tom Norris, o Drax Project criou uma jam instantaneamente contagiante!



“‘Crazy’ é muito divertida de tocar e ainda mais divertida de dançar. Sempre tivemos muito respeito por Grey, então foi uma experiência muito legal trabalhar com eles nesta faixa” – Drax Project.

“Foi ótimo trabalhar com Drax! super fácil, porque todos temos a mesma atenção aos detalhes. Tão feliz com o resultado, mal posso esperar para que todos ouçam!” - Grey

Embora a banda possa ter evitado novos lançamentos durante a pandemia, não saiu dos holofotes. O grupo Phony Ppl juntou-se aos companheiros neozelandeses Six60 em uma nova versão do hit de Drax, “Catching Feelings” - que ficou por meses no top 40 das rádios RnB dos EUA. Eles agora têm mais discos de platina na Austrália do que qualquer outra banda da Nova Zelândia. Os singles do debut autointitulado (300/Universal) acumularam quase 400 milhões de streams em todo o mundo e 20 certificações de platina até o momento, com “Woke Up Late” recentemente atingindo a marca de 500 mil unidades para o ouro nos EUA. Esses números impressionantes devem subir após o lançamento de seu novo EP previsto para março.