top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Colibri lança "Quem Será?" com participação especial de Vandal

“Quem Será?” é o novo single da Colibri, projeto do cantor Zé Neto, que conta com a participação especial de Vandal, rapper baiano. Gravada em 2020, num isolamento criativo, é a primeira parceria entre os dois artistas do Cremenow Studio.


Foto: Nti Uirá

Explorando mais profundamente a potencialidade das fusões com o rap, essa balada rock indie dos anos 2000 aposta em uma estética sonora de dream pop para trazer uma doce mas também pulsante mensagem. A letra sugere que a pessoa já não sente a presença do outro e que isso tem causado desarmonia, fala sobre o desejo de encontrar a pessoa amada sorrindo e não competir com ela.


O verso de Vandal traz uma perspectiva um pouco diferente, sugerindo que o narrador não quer perder a pessoa amada, mas que ela parece estar decidida a ir embora e o impacto disso em sua vida é evidenciado. Traz, ainda, um contraste interessante com o refrão da música, que despenca de uma nuvem de texturas psicodélicas para uma feição mais reflexiva e romântica. O papo é reto: se não for pra rir e fazer sorrir, devemos ir embora.


“Quem Será?” termina com uma interrogação cantada em voz visceral que beira a contradição com o refrão mais idealista, denotando a dualidade dos sentimentos humanos em suas nuances.


“Eu tinha acabado de sair de um longo relacionamento que me fez amadurecer bastante e, bem nessa época, meu pai foi diagnosticado com câncer. Nesse som, como em vários do próximo CD, sou eu tentando fazer sentido de um período denso da minha vida. Impressionante como Vandal percebeu tudo isso e escreveu com uma cumplicidade enorme", relata Zé Neto, cantor da banda, autor da letra e melodia, nos aprofundando nas suas inspirações naquele momento.


“Nesse período eu estava sem escrever há um tempo e todo o processo na casa foi muito importante para aquecer essa criatividade. Sem contar que uniu muito mais todo mundo que tava presente. Eu tenho um carinho enorme por essa música, acredito que ela é uma das melhores do ano”, ressalta Vandal sobre a experiência de compor e conviver com a Colibri.

Comments


bottom of page