top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Ced apresenta novo single “O Vento”

Leveza, simplicidade e sensibilidade são bons adjetivos para definir o som do cantor e compositor Ced. Recém-estreante na cena da nova MPB, com o debut single “Já Faz Tempo”, o artista já mostrou que veio para ficar, com singles que serão lançados ao longo de 2023. Na próxima sexta-feira (31), a canção “O Vento” chega a todos os aplicativos de música trazendo um violão marcante somado à uma pegada ijexá. Na mesma data, a partir das 12h, o público poderá conferir toda essa leveza traduzida em visualizer, no canal oficial do artista no YouTube.



Em “Já Faz Tempo”, Ced apresenta a transição de sua vida em Lyon, na França – onde nasceu e morou nos últimos anos – para o retorno a São Paulo – onde cresceu e passou boa parte da vida. Já no novo trabalho, “O Vento”, o artista nos transporta para uma tarde ensolarada e quente, em um tempo em que ainda não havia retornado ao Brasil. “Escrevi essa música no período da canicule (em que a cidade chega aos 40 graus e não tem vento). Estava em uma poltrona com o violão em mãos, ao lado da janela, quando, de repente, um pequeno sopro de ar vem chegando para aliviar a minha tarde, pra refrescar a minha mente e me trazer inspiração. Fiquei muito feliz. Tive vontade de ser o vento. Sair pela janela e passear por aí”, explica Ced.



INSPIRAÇÕES

Assim como a leveza desta brisa, a canção segue suave e influenciada por nomes como Gilberto Gil, Caetano Veloso, Cassia Eller e Gilsons. Não só em “O Vento”, mas nas demais faixas que o artista pretende reunir em seu primeiro álbum, o trabalho transita pelas diferentes sonoridades da música brasileira, sem deixar de lado as influências internacionais. “A bossa nova, as diferentes vertentes da MBP, música baiana, o pop, além do reggae e do funk americano são fortes influências”, afirma. “Com letras relativamente simples, consigo expressar com sinceridade meus diferentes sentimentos através da minha sensibilidade. E assim, tocar o lado sensível de cada um”, completa.


PAZ E NATUREZA

Produzida por Danilo Cutrim e Jean Charnaux, da NeblinaRec, a canção ainda contará com um visualizer dirigido por Nitay Soares e gravado na cidade de Holambra, no interior de São Paulo, conhecida por seus campos de flores e belezas naturais. “A ideia foi evidenciar a paz que a natureza nos traz, junto com uma flor e um sopro de ar”, finaliza.

Comments


bottom of page