• Guilherme Moro

Base Do Trem: HITMAKER mistura funk com música eletrônica em novo single

A evolução do funk para o mundo pop perpassa pela história da HITMAKER, os produtores que trouxeram as sonoridades da música eletrônica para o gênero popular. Breder e Wallace Vianna estão por trás de sucessos como “Beijinho no Ombro”, da Valesca Popozuda; “Combatchy”, da Anitta; “Cheguei” e “Favela Chegou”, da Ludmilla; “Sapequinha” e “Só Depois do Carnaval”, da cantora Lexa.


Agora que se tornaram também intérpretes de suas próprias músicas, a dupla segue explorando essa mistura com mais gosto.



Bem dançante, noturna e sensual, “Base do Trem” tem um pé fincado no funk e outro na música eletrônica. O single narra uma noite de liberdade feminina: “Subindo bem devagarinho/ Jogando assim / Descendo assim / Com ela o baile não tem fim / Vem pro baile com as amigas”. E o beat desliza bem entre os dois gêneros, se apropriando das viradas e dos graves que ambos têm.


A atmosfera do single se completa com o trabalho audiovisual carregado de referências da cultura pop urbana. Com grafites, neon e coreografias voltadas para as redes sociais, “Base do Trem” tem todos os pré-requisitos para ser mais um hit da HITMAKER.