top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

AFROPUNK Bahia anuncia IZA, Olodum e O Kannalha para a sua terceira edição

O AFROPUNK Bahia acaba de revelar mais três nomes para sua terceira edição: a diva do pop IZA, o grupo baiano Olodum e O Kannalha - grande representante da nova geração do pagodão baiano. Eles se juntam a outras atrações já confirmadas, como Alcione, Djonga, Carlinhos Brown, BaianaSystem, Tasha e Tracie convidando Tati Quebra Barraco, VANDAL, Karen Francis e AJULIACOSTA. O festival será realizado nos dias 18 e 19 de novembro, no Parque de Exposições, em Salvador, e apresenta uma curadoria singular, que mescla gêneros como rap, funk, samba, R&B, samba-reggae e outros. Os ingressos estão disponíveis pelo site oficial da Sympla.


Símbolo de representatividade e empoderamento para mulheres pretas, a cantora e compositora IZA é um dos maiores nomes da cultura pop da atualidade. A artista ganhou notoriedade após seus vídeos de covers de nomes como Sam Smith, Adele e Prince viralizarem no YouTube em 2016. Com seu álbum de estreia, Dona de Mim (2018), a carreira de IZA deslanchou garantindo-a em espaços notáveis pela cena do pop nacional – na televisão, a cantora ocupa o cargo de jurada na atual temporada do The Voice Kids (ao lado de Carlinhos Brown). No AFROPUNK Bahia, IZA, que vem se preparando para lançar o seu novo trabalho de estúdio, apresentará também sucessos como “Meu Talismã”, “Ginga” e “Fé”.


A importância da presença do grupo Olodum conversa diretamente com a proposta de curadoria do festival AFROPUNK Bahia. Há mais de 40 anos, o bloco afro se destaca como um dos principais representantes da cultura baiana e afro-brasileira no mundo. Apresentando a turnê “Olodum Bahia Viva”, a banda já atravessou continentes com shows na Argentina, Chile, EUA, Canadá, França, Bélgica, Alemanha, Inglaterra, África do Sul e Ghana e, agora, relembra “Faraó”, “Avisá la”, “Rosa” e “Deusa do Amor” em sua cidade natal.


Além de IZA e Olodum, um dos grandes representantes do pagodão baiano, o grupo O Kannalha evidencia, mais uma vez, a diversidade da curadoria do festival e o foco em estilos diferentes. "Fraquinha", um dos seus maiores hits, conta com mais de 15 milhões de visualizações no YouTube. O Kannalha foi destaque no Carnaval de 2022, e, com sua irreverência e experimentações sonoras, vem chamando atenção de diversos artistas – como Pabllo Vittar, com quem colaboraram na faixa "Penetra”, em 2023.


Após uma edição grandiosa realizada em 2022, com mais de 20 horas de música e mais de 25 mil pessoas por dia, o AFROPUNK Bahia se prepara para fazer a sua cerimônia de aquilombamento com ainda mais força em 2023. Assim como diz o manifesto que rege a terceira edição do festival: “Do Brooklyn à Bahia, celebraremos nossa comunidade em suas diferentes configurações com o mesmo sentimento: resgatar as trocas e a afetividade que nos foram roubadas”.

Comments


bottom of page