• Guilherme Moro

Acidental encerra 2020 com o single "Porto" e visa álbum para o ano que vem

“Porto” é o novo single do Acidental, mas não é de hoje que a canção está na trilha sonora da vida de Alexandre Machado (fundador da banda). A música já havia sido lançada pela banda Parachamas, antigo projeto de Alexandre, que teve seu fim em 2013. “Durante a primeira sessão do primeiro álbum do Acidental, que ainda está para sair, eu tive a ideia de gravar “Porto” em uma versão mais eletrônica. Ela era para ser um b-side do nosso primeiro álbum, mas como aconteceu tudo isso em 2020, a gente achou legal lançar essa música”, conclui.


Alexandre tem grande apreço pela música eletrônica. Esse fato fica muito evidente no single. A bateria é programada, assim como o baixo e diversas linhas de sintetizadores. O disco do Acidental vai na contramão de tudo isso e tem músicas com mais “cara de banda”. Alexandre conta qual será a proposta do novo disco: “Nosso primeiro álbum vai ser ‘na lata’, com 40 minutos de duração e com nove faixas provavelmente. Elas têm realmente uma consistência entre uma e outra. O disco está praticamente pronto desde março. Resta muita pouca coisa para finalizar. Ele tem uma influência de MPB, com algumas estruturas mais complexas”. Pode ser rotulado como vários gêneros”.


Capa do single "Acidental"


As expectativas da Acidental para o ano que vem são as melhores possíveis. O primeiro álbum será lançado e muita coisa boa está por vir. “O Acidental é minha banda. Ela nunca vai acabar. Depois do disco virão muitos shows. Vamos ver se o mundo vai sobreviver a tudo isso. Eu tenho muito medo do mundo virar um caos e não fazer mais sentido a gente ter uma banda de rock alternativo. Vamos torcer para que tudo dê certo", finaliza Alexandre.

 

Gostou da matéria? Para conferir todas as nossas postagens, CLIQUE AQUI.


Siga o blog nas Redes Sociais: Facebook, Instagram

Posts recentes

Ver tudo