top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Entrevista: Mila embarca em carreira gospel após hit "Tudo Ok"

Artistas são seres voláteis, que transparecem emoções e estados através de suas músicas. Muitos já mudaram trajetos por não se identificarem com determinado estilo ou até mesmo letras que cantaram anteriormente. É preciso coragem e personalidade para deixar para trás fórmulas e realidades que já estava fazendo sucesso.



No final de 2019, o hit "Tudo Ok" viralizou e projetou a cantora Mila para todo o Brasil. Mas essa história você já conhece.


A artista oficializou no final de 2023 uma nova fase da sua carreira, dessa vez, mais verdadeira do que nunca. Após se aventurar no pelo axé music, sertanejo e se consolidar no brega-funk, Mila se encontra no mundo gospel com o lançamento de "Simplesmente Sou", single disponibilizado no início de dezembro.


A música é acompanhada de um clipe, que assim como a letra, se revela confessional e emotivo. Mila deixa de lado de 544 milhões de streams e mais de 600 milhões de views no YouTube para poder se dedicar ao seu novo eu, movimento de ousadia e que exige determinação.


"Em um show lotado para mais de 20 mil pessoas, eu encerrei dizendo que eu não conseguia mais. Foi aí que Deus se revelou para mim, dizendo que ele tinha algo novo para minha vida. Meu primeiro trabalho foi um processo muito grande, fiquei durante dois anos vivendo em um processo que foi difícil. Até que nasceu essa canção chamada 'Simplesmente Sou', que é com o coração muito feliz e grato que eu consegui compor, eu, meu marido (Yudi Tamashiro) e outros compositores, onde a gente relata como Deus se revelou pra mim", conta.


Ela também conta como foi o processo de composição da canção. "Eu realmente tive que reviver todo o processo com Deus, como ele se revelou para mim e a forma com que ele falou comigo. Então, é realmente um testemunho em forma de canção. Foi realmente como Deus se revelou para mim".


A One Play, responsável por artistas expoentes e consolidados como Felipe Amorim, que acumulou mais de 2 bilhões de streams, se reconecta com a Mila para também gerenciar essa nova fase e construírem, mais uma vez, uma história de muito sucesso.



O lançamento se encaixa em uma fase de renovação, transição e conexão com o público por meio da sua fé. A letra é um emocionante testemunho sobre Mila ter deixado de viver seus próprios sonhos para viver os sonhos de Deus e impactar vidas com sua música.


"Eu tenho muito carinho pela minha antiga fase, porque Deus foi muito generoso comigo. Eu vim de uma família humilde, uma menina que sonhava em ser alguém, de viver do seu talento, sem muitos recursos. E Deus me permitiu viver os meus sonhos, que eu acreditava. Sempre fui muito verdadeira em tudo que eu fiz. Deus me permitiu que eu vivesse os meus sonhos para hoje viver os sonhos dele", conclui.

Com uma carreira versátil, onde se aventurou por tantos estilos diferentes, Mila não quer se prender somente a um estilo durante a trajetória no mundo gospel.


"Eu não pretendo me rotular. Quero sempre ser verdadeira, entregar o que é dele.

Então, para mim, o principal hoje é a mensagem. E através disso, Deus vai me dar uma identidade especial que ele queira para mim. Eu estou sentindo isso. Até conversei com outras pessoas, outras mulheres do meio gospel. Elas falaram, vai sentindo, vai fazendo, vai fluindo. O importante é você ser...


Ela também faz mistério sobre novos lançamentos e principalmente em relação a uma participação bem especial. "Tenho também uma convidada especial que tá vindo pro ano que vem. Então, já tô muito feliz e mal posso esperar pra compartilhar com todos vocês".

Comments


bottom of page