top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

União Brasileira de Compositores bate recorde histórico com distribuição de R$ 791 milhões em 2023

O ano de 2023 foi marcado por recordes na gestão coletiva de direitos autorais musicais, tendo os segmentos Shows, Digital, Rádio, Cinema e Usuários Gerais como o grande motor. É o que mostra a nova edição do Relatório Anual da União Brasileira de Compositores (UBC). Principal sociedade de gestão coletiva musical nacional, a UBC distribuiu cerca de 57% de montante das sete sociedades autorais que integram o Ecad. Foram R$791 milhões somando-se direitos autorais (83% do total) e conexos (17% do total).

 

No último ano, foi registrado um crescimento de 17% no total arrecadado entre todas as sociedades que compõem o Ecad em relação a 2022, atingindo a marca de R$1,63 bilhão, o maior valor de todos os tempos. Já o valor total distribuído foi de R$1.390.932.883,86, registrando um crescimento de 13% em relação ao ano anterior.

 

Um número excepcional contribuiu para o resultado: o recorde de R$104,5 milhões em créditos retidos que foram liberados graças a esforços variados — tecnológicos e legais — da equipe da UBC. Além disso, quase 177 mil titulares de direitos autorais nacionais e estrangeiros foram beneficiados pela distribuição da UBC, sendo a parte nacional representando 99% dos valores.

 

Segundo Marcelo Castello Branco, diretor executivo da UBC, o ano de 2023 foi intenso, de explosão de eventos pós-pandemia, com uma recuperação muito significativa da rubrica de usuários gerais e uma distribuição recorde para a UBC e seus mais de 60 mil titulares nacionais, além de quase 200 mil internacionais. “O ano de 2023 também reforçou as iniciativas de educação e formação que fazem parte do DNA da UBC. O Programa UBC de Educação, Diversidade e Impacto Social é uma parceria inovadora para promover educação, profissionalização e diversidade no setor musical brasileiro. Com o objetivo de proporcionar acesso a cursos de qualidade e capacitação profissional para aqueles que buscam se desenvolver no mercado musical, o projeto distribuirá mais de 400 bolsas de estudo por ano a novos alunos da Escola Música e Negócios.”, destaca.


Comments


bottom of page