top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Tudo o que você precisa saber sobre o Primavera Sound

O Primavera Sound São Paulo, anuncia datas, locais, atrações e como garantir ingressos para o Primavera na Cidade, evento que antecede o festival, em casas de shows espalhadas pela cidade de São Paulo e que proporciona a experiência completa do Primavera Sound. O Primavera na Cidade é um compromisso do Primavera Sound em celebrar a música para além dos grandes palcos que farão parte do festival, no Autódromo de Interlagos.


O Primavera na Cidade contará com 11 atrações divididas nos palcos do Cine Joia e Audio. Além de impulsionar novos talentos e promover a diversidade na música, a iniciativa do Primavera na Cidade contribui com a democratização do acesso à cultura com shows de artistas nacionais e internacionais em casas de shows menores espalhadas por São Paulo.

"Em suas duas décadas de história, o Primavera Sound tornou seu compromisso com shows locais uma de suas marcas registradas. Não virar as costas para o circuito musical das cidades onde é realizado é um gesto de coerência para um festival urbano” explica Joan Pons, Head de Comunicação do Primavera Sound.

“Por isso, tornou-se uma tradição que os principais dias do evento sejam prolongados e complementados com o programa Primavera na Cidade, que leva a celebração do Primavera para locais de pequena e média capacidade, onde as apresentações ganham uma distância diferente,” finaliza. Na abertura, em 29 de novembro, Black Midi sobe ao palco do Cine Joia para celebrar o rock alternativo. Formada em Londres, a banda é uma das maiores revelações do rock experimental e se prepara para voltar ao Brasil acompanhada pela banda Pluma, que traz referências do Jazz, rock psicodélico e dream pop a características do indie pop.

A noite seguinte traz para o Cine Joia a banda Slowdive, responsável por solidificar e trazer o subgênero shoegaze de volta para os holofotes. Não à toa, o grupo vem se apresentando como headliner de grandes festivais de música. Já a nacional Terraplana é um dos nomes de destaque do shoegaze brasileiro e indie rock, formada em 2017 na cidade de Curitiba, no estado do Paraná.

O Primavera na Cidade também trará shows exclusivos de Seun Kuti & Egypt 80, grupo liderado pelo filho de Fela Kuti, pai e criador do afrobeat, e de dois artistas brasileiros que juntos celebram a cultura preta em sua essência: Carlos do Complexo DJ, carioca e um dos nomes de produtores que se destacaram nos anos 2010 por mesclar a música eletrônica pelo prisma do funk, além de Bia Ferreira, artista brasileira que já lota shows no exterior e ainda tem um vasto horizonte na cena local .

Metric e Lucrecia Dalt foram os nomes escolhidos para se apresentar no dia 1 de dezembro no Cine Joia. Metric, banda canadense de rock alternativo, volta ao Brasil com o recente disco Formentera II, enquanto a colombiana Lucrecia Dalt se apresenta em São Paulo pela primeira vez, com sua música experimental eletrônica. Ambos são atrações exclusivas do lineup do Primavera na Cidade.

O terceiro e último dia de Primavera na Cidade, 1 de dezembro, traz também a essência indie do Primavera Sound. Róisín Murphy com discos aclamados pela imprensa especializada e que enche turnês pelo mundo tocará em uma casa para 2 mil pessoas, a Áudio, algo inimaginável para uma artista que está à margem do mainstream porque faz questão de estar na frente do que é pop, misturando referências de disco music, de jazz e outras invencionices. Em seguida, com Luiza Lian, a noite saideira do Primavera na Cidade traz a potência do pop alternativo brasileiro. Por fim, o Primavera na Cidade se despede com o DJ Playero, figura chave para o reggaeton dos anos 90, com um set quentíssimo.

Para vivenciar o Primavera Na Cidade existem duas maneiras:

Comments


bottom of page