top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Todos os detalhes sobre "Resenha 3", novo projeto de Cleber & Cauan

Na última sexta-feira (12), a dupla Cleber & Cauan anunciou a terceira parte do projeto"Resenha", com participações especiais de Tayrone e da dupla Israel & Rodolfo.



O trabalho já consagrado e incorporado no DNA dos sertanejos, foi registrado em um palco montado em meio a natureza, no Parque Jardim Botânico, em Goiânia, e conta com quatro regravações e duas faixas inéditas. O EP já está disponível em todas as plataformas digitais pela Som Livre


Os álbuns com regravações de clássicos da música sertaneja são bem populares no gênero e com "Resenha 3" não tem sido diferente, já que o público aderiu muito bem ao novo EP e prova disso, são as milhões de visualizações acumuladas no YouTube em menos de uma semana.


“A gente está na terceira edição deste projeto, mas, além da sonoridade, nada mudou da primeira ideia, que seria fazer um evento convidando alguns amigos e cantando algumas músicas modão e antigas, que a gente sempre cantou nos barzinhos, e trazendo músicas inéditas”, contou Cleber em coletiva de imprensa realizada no dia do lançamento".


Neste primeiro momento, a faixa-foco escolhida é “Tá Namorando”, composta por Junior Sillva, Daniel dos Versos, Dani Lima e Anajuh, que também ganhou um vídeo oficial no YouTube



Completam o EP a inédita “Destruidora de Rolê”, além das regravações “Chamada de Vídeo”, com Israel e Rodolffo e “Hoje Eu Sei”, com Tayrone, e os pout-pourris de “Instinto Animal/Taça de Pranto” e “Intimidade a Dois/Então Valeu/Amigo Apaixonado”.


O projeto “Resenha 3” é assinado pela BM Design e conta com produção musical de Cleber e Dedé Garcia, produção geral de Cleiton Márcio, fotografia de Bruno Mello, além de direção de vídeo pela Calango Filmes. Os videoclipes das demais faixas serão divulgados em breve no canal oficial dos artistas no YouTube.



Além de música, Cleber falou sobre sua relação com Cauan e sobre os mais de 12 anos de carreira. "Nos começamos em barzinhos e imaginávamos o sucesso muito distante. O Cauan é um grande parceiro e eu nunca tive grandes problemas com ele. Um cara alto astral e super positivo. A relação de dupla é sempre complicada, cada um tem sua particularidade. Mas nós desenvolvemos uma irmandade muito grande. Eu considero ele um irmão que a música me deu", revela.


Já Cauan falou sobre a proporção que a música sertaneja tem tomado nos últimos anos. A música sertaneja está se ampliando, ela está se universalizando. Antes, tinham poucos artistas que atingiam o Brasil todo. Hoje, já são vários artistas do sertanejo que tocam no Nordeste, por exemplo. Antes, a realidade era diferente. Até por causa da internet, da universalização da comunicação, pois foram aspectos que possibilitaram que isso acontecesse”.



Bình luận


bottom of page