top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Theatro Municipal comemora 111 anos em semana especialde aniversário

O Theatro Municipal de São Paulo preparou uma programação especial para comemorar seu aniversário de 111 anos, que serão completados no dia 12 de setembro. A celebração, que visa enaltecer a importância de uma das maiores Casas de Ópera do Brasil, está programada para acontecer entre os dias 11 e 18 de setembro e tem como destaque a apresentação Latino-Americano, do Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo e Cantata, composição inédita de André Mehmari com o Coral Paulistano.



As celebrações começam no dia 11 de setembro na Praça das Artes. Neste domingo, o Duo AM, irá relembrar o momento em que os holofotes do Brasil se voltaram historicamente ao Theatro e, numa espécie de tributo sem pompa, bem no espírito modernista se juntam ao artista visual Menelaw 7 e ao ator Paschoal da Conceição na pele de Mário de Andrade e irão propor a desconstrução da formalidade do concerto clássico no espetáculo Futuristas 22 - um Caleidoscópio Musical. Com inovações no figurino, na proposta cênica e no roteiro, os artistas colocam em xeque o já conhecido modelo formal que se espera ao entrar em salas de concerto, almejando surpreender o público e criar uma experiência imersiva. A apresentação gira em torno dos 75 minutos e conta com um programa com nomes históricos da música brasileira que mesclaram tão bem popular e erudito, tais como Camargo Guarnieri, Villa-Lobos, Lorenzo Fernandez entre outros. Os ingressos custam R$ 10 e já podem ser adquiridos pelo site do Theatro Municipal.

No dia 13, terça, é a vez da obra parte do projeto Ópera Fora da Caixa do também brasileiro João Guilherme Ripper, a mini-ópera monólogo Domitila subir ao palco do Theatro. Trata-se de uma apresentação que acontecerá na famosa escadaria interna do Theatro em 1 ato, baseada nas cartas de amor trocadas entre Dom Pedro I e a Marquesa de Santos. Aqui, o grupo celebra os 200 anos da Independência do Brasil, numa obra para soprano, piano, violoncelo e clarinete, escrita em 2000 por Ripper a convite do CCBB do Rio de Janeiro.


No dia 14 de setembro, quarta-feira, o vão da Praça das Artes estará aberto para todo tipo de aspirante que deseja compartilhar sua arte com o público do Theatro Municipal. No Esta Noite se Improvisa!, música, dança, teatro, poesia e discotecagem ganham corpo por meio de talentos artísticos do cenário paulistano que têm ali a oportunidade de mostrar o seu talento, “entrando na roda” e dizendo a que vieram. O palco é aberto para todos os inscritos e as inscrições seguem abertas até o dia 7 de setembro.



O Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo -- grupo criado em 1935 por Mário de Andrade para difundir a música de câmara e estimular compositores brasileiros - tomará conta da Sala do Conservatório da Praça das Artes no dia 15, quinta-feira, na apresentação “Latino-Americano”. O show visa apresentar, por meio da música de Villa-Lobos e outros compositores, uma resposta possível para a questão da identidade nacional e latino-americana, um perfil que congregue tantas línguas e faces quanto as existentes nessa geografia. Nas composições de Alberto Ginastera, a presença de uma Argentina rural, pampeana, enquanto na de Leo Brouwer, Cuba e a sonoridade afro-caribenha se somam nessa apresentação de 60 minutos, um dos principais destaques da programação de aniversário do Theatro.

Já no dia 17, sexta-feira, dois grandes eventos tomam conta do Theatro: o primeiro é o concerto inédito Cantata, que contempla os amantes da música coral, com regência de Maíra Ferreira e programa do compositor e pianista André Mehmari, ao piano junto da clarinetista Paula Pires. Serão 50 minutos de apresentação, que se repete no sábado, dia 18 de setembro, com ingressos entre R$ 10 e R$ 30.

E não para por aí, o outro evento do dia 17 é a Camerata da Orquestra Experimental de Repertório, que se apresenta na Praça das Artes. Nesta apresentação, a regência é de Thiago Tavares e terá, como solista no oboé, Mateus Colares. A ocasião é também a premiação dos jovens solistas da Camerata da Orquestra Experimental de Repertório, e por conta da alta procura, apenas 2 ingressos gratuitos serão permitidos por CPF, sujeito a lotação.

Comments


bottom of page