top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Single com Renegado anuncia álbum autoral do cantor e compositor Sancha

Mineiro de Belo Horizonte, Sancha faz sua estreia fonográfica solo aos 33 anos, produzido pelo guitarrista Pedro Sá. “América do Sul” é o single que precede o lançamento do álbum autoral do artista, e chega às plataformas de streaming dia 6, com participação especial de Renegado (Biscoito Fino).


Foto: Arthur Berbat

“A primeira vez que entrei em contato com o Renegado foi quando eu trabalhava em um quiosque de shopping, em 2009. Meu colega era muito fã e a gente escutava o álbum “Do Oiapoque a Nova York” praticamente todo dia: eu adorava aquela musicalidade, as letras. Nessa época começaram a acontecer muitos eventos de incentivo à cultura em BH: foi quando eu assisti ao primeiro show do Renegado, um super artista já, carisma infinito”, lembra Sancha.


Como ainda integrava “Ledjembergs” - banda que durou de 2007 a 2017 e lançou um CD e um EP -, Sancha passou a cruzar com Renegado nos bastidores: “Tocávamos em vários eventos e como eu frequentava os shows da cena musical da cidade, acabava trombando com ele, sempre cordial, muito afável e com aquela elegância malemolente de sempre”, completa.


Em 2018, de passagem por Belo Horizonte (na temporada em que morou na Bahia), Sancha foi convidado por Pedro Loureiro, empresário de Renegado e Elza Soares, para assistir ao espetáculo “Deus é mulher”. Depois do encontro com Renegado no show emblemático de Elza, os dois estiveram juntos em várias outras ocasiões.


Com a chegada da pandemia, Sancha pôde concretizar o desejo de produzir seu disco solo de estreia. “Na pandemia, morando em BH novamente, surgiu a oportunidade de gravar o disco remotamente. Para “América do Sul”, que tem tom de protesto e melodia de lamento, eu queria alguém que fizesse um trecho de rap no final da música. Entrei em contato com o Pedro Loureiro, eles gostaram da música, mas o Renegado propôs um dueto de pergunta e resposta, com ele cantando, para sair da obviedade do rap”, finaliza Sancha.


Além de assinar a produção do single e do álbum, Pedro Sá assume guitarras, baixo e programação drum machine da faixa, que tem ainda Thomas Harres na bateria e percussão eletrônica.


O álbum de Sancha, a ser lançado pela gravadora Biscoito Fino em agosto, leva o título de “Americanto” e reúne temas compostos pelo cantor e compositor, que se define como “um artista que busca sonoridades e texturas musicais melodicamente líricas, num caldeirão de notas e influências musicais”.



Kommentare


bottom of page