top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Projeto PRIMEIRO ABRAÇO lança EP inédito de DUO GISBRANCO e JULIA VARGAS

O movimento Primeiro Abraço surgiu logo no início da pandemia, reunindo 21 artistas de variados estilos e gerações para criar obras e releituras inéditas, formando uma rede de aconchego sonoro e artístico, mirando o ambiente digital e a reabertura dos palcos no Teatro Solar de Botafogo, no Rio de Janeiro.


“Era Junho de 2020, a pandemia estava com tudo, a terra devastada, então sonhei com um Primeiro Abraço enorme e plural – mas que começasse desde então –, mesmo de forma virtual e remota. E assim convidei os artistas, formando 10 duplas, para encamparem o desafio e a diversão de produzir trabalhos inéditos com novos parceiros, gerando vídeos e fonogramas exclusivos num momento tão delicado”, lembra Geraldinho Magalhães, curador, empresário artístico e idealizador do projeto.


Agora chegou a vez do Duo Gisbranco, formado por Bianca Gismonti e Claudia Castelo Branco, e a cantora Julia Vargas lançarem o EP inédito “BRUTA FLOR”, que apresenta a força feminina em três canções que preservam e estimulam a vitalidade da composição sob a aura de três mulheres distintas e complementares.



A música “Itabaiana”, obra da paraibana Cátia de França, recebeu uma releitura especial das artistas, e chega com um clipe gravado remotamente no Rio de Janeiro, com imagens de Raphael Braga (Froka Filmes) e edição de João Filipecki. O álbum traz, ainda as canções “Neo Neandertal”, música inédita de Julia Vargas e Gui Fleming, e “Heroína Nordestina”, composição do Duo Gisbranco com Chico César.


“Ter sido convidada para este projeto foi um dos grandes presentes milagrosos vivenciados entre 2020 e 2021. Este encontro nos gerou ainda mais esperança e coragem para seguir explorando todo o nosso infinito potencial criador feminino, nos unindo a um repertório de compositoras extremamente necessárias e fortes”, conta Bianca Gismonti.


“Eu já acompanho e admiro as meninas há um tempo e meus olhos brilharam com a possibilidade de fazer um trabalho com duas mulheres tão potentes. E partiu delas, Bianca Gismonti e Claudia Castelo Branco, a ideia de lançarmos canções de mulheres; então escolhemos duas músicas compostas por nós e algo que fosse bem marcante do repertório dessas deusas”, conta Julia Vargas.


“‘Bruta Flor’ é uma força feminina reunindo três talentos imensos de muita beleza, charme e brasilidade. Este lançamento vem trazer mais frescor e esperança na nossa terra, que recomeça a sorrir”, afirma o diretor artístico Geraldinho Magalhães.

 

Informações gentilmente cedidas por:

FOGO NO PAIOL MUSIC HUB


コメント


bottom of page