top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Nando Reis vai lançar na segunda podcast em querelembra infância, carreira e parcerias

Como parte das comemorações de seus 60 anos, completados em 12 de janeiro, Nando Reis lança na segunda-feira (26) o podcast narrativo Lugar de Sonho. Em cada episódio, de um total de cinco, ele esmiúça um aspecto de sua carreira ou vida pessoal –há capítulos, por exemplo, dedicados à relação com Cássia Eller, à infância, e à formação dos Titãs. O podcast estará disponível nas principais plataformas de streaming do país.



"Uma data redonda como os 60 é uma oportunidade de reflexão. Resolvi remexer meu arquivo de memórias e relembrar passagens e pessoas determinantes na minha vida, o início da minha relação com a música e histórias que resultaram em algumas das minhas canções", diz Nando. "O podcast foi o formato que encontrei para ir puxando esse novelo de lembranças e contar, de uma maneira muito íntima, o trajeto que me trouxe até aqui, construindo com a minha música um lugar de sonho."

A série foi gravada em Jaú, no interior de São Paulo, numa fazenda que pertence à família de Nando há gerações e onde ele passou parte da pandemia com seus filhos, servindo como ponte entre passado e presente. Cada episódio é ambientado em um cômodo diferente, que serve como ponto de partida para o artista iniciar a conversa livremente, num fluxo afetivo em que uma história vai puxando a outra. Na estreia, por exemplo, cujo tema é a infância e a descoberta da música, Nando fala do antigo escritório de seu pai, onde ainda há objetos dele.

As lembranças de Nando são costuradas por gravações de entrevistas e material de seu arquivo pessoal inédito para o público. Há, por exemplo, um trecho de seu primeiro show, primeiras versões de canções como "Relicário" e registros de ensaios.

"Depois do processo de entrevista fomos buscar no arquivo dele a gênese de cada história que ele contou. A narrativa é composta numa trama entre presente e passado, como uma conversa dele com ele mesmo. A gente chafurdou nesse universo e só usou material inédito. Até os fãs mais aguerridos vão se surpreender", diz Arthur Chacon, codiretor do podcast.

Comments


bottom of page