top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Murilo Abrita celebra a palavra em intimista álbum ao vivo “Das Canções”

O cantor e compositor mineiro Murilo Abrita surge com seu violão, suas canções e referências no registro ao vivo “Das Canções”, que fecha um ciclo desta fase da carreira do artista celebrando o palco, um de seus fortes. Lançado como disco ao vivo e registro audiovisual, o projeto conta com 15 faixas, incluindo cinco inéditas e duas versões: "Quando o Samba Acabou", de Noel Rosa, e "O Anjo Mais Velho", do O Teatro Mágico.



“Esse é um disco para todos àqueles que vieram e todos àqueles que virão. ‘Das Canções’ é a minha autobiografia musical, um apanhado da minha vida e como a música é interligada a tudo que fiz enquanto pessoa. É um show, que se transformou em disco ao vivo, dividido em camadas, numa interação ampla e sincera com o público”, ele conta.


Nascido e criado em Cataguases, o jovem artista começou sua jornada em 2018 e desde então reuniu em sua discografia o álbum "Outros Olhares" (2019) e os singles "Calma" (2021) e "Canção de Autoacalanto" (2022). Em 2023, após percorrer diversas cidades do interior mineiro com o espetáculo que ganhou o registro, Murilo decidiu registrar sua performance em sua cidade natal, no Centro Cultural Humberto Mauro.


Com uma homenagem póstuma a um amigo e com um clima de cumplicidade de se estar em casa que divide sua intimidade nos palcos, “Das Canções” está disponível em todas as plataformas e no canal do YouTube de Murilo.

Comments


bottom of page