• Guilherme Moro

Mu Bispo lança o single duplo "Menor Que Três" com produção própria

O cantor e compositor Mu Bispo, um dos destaques da nova geração da música brasileira, comemora nesta quarta-feira (10), o lançamento do novo single duplo “Menor Que Três”, representado pelas faixas "Não me chame pelo nome" e “Demorei muito”. O trabalho, lançado pelo selo Olga Music, conta com produção feita pelo próprio artista e já está disponível em todas as plataformas digitais.



O single duplo chega para encantar em dobro os corações dos apaixonados. Ambas as músicas levam o ouvinte para um lugar de memória afetiva sobre o que é se apaixonar, mas de maneiras diferentes. “Não Me Chame Pelo Nome” faz querer abraçar e dizer “eu te amo” para alguém o quanto antes, já “Demorei Muito” traz um charme especial e funciona mais como aquela canção para tocar no violão em uma rodinha de amigos e tentar ganhar o coração de alguém presente.


“Não me chame pelo nome” nasceu de um encontro de Mu com Day Limns, Dan Ferreira, Tiê Castro e Juliano Valle, também compositores da faixa ao lado do artista. “Eu estava com algumas ideias na cabeça para compor o repertório do '96 Live', meu EP que foi gravado ao vivo e ainda será lançado, e uma das ideias era uma canção que falasse de maneira simples sobre como é se apaixonar, como é se sentir completamente entregue a alguém. Felizmente saiu ‘Não me chame pelo nome’ e eu precisei dar um lugar especial para ela, como single fora do EP, porque é uma das composições mais lindas e singelas que eu já ouvi. Estou muito feliz de ter ela como marco histórico no meu trabalho autoral”, conta o cantor.


Trazendo outra maneira de amar, a faixa “Demorei muito” foi inspirada em um final de semana especial em que o cantor passou com uma pessoa que ele estava curtindo. “Por bastante tempo a gente evitou que rolasse algo entre nós dois, mas no fim das contas ninguém conseguiu se segurar e a canção fala sobre esse ‘deixa ser’, sobre o ‘não nego mais você na minha vida’”, afirma Mu.



Depois do EP “Não Leve a Sério”, lançado em março deste ano e no qual o artista se envolveu pela primeira vez de maneira direta no processo de produção, em parceria com o produtor Pedro Montagnana,, desta vez Mu assina sozinho toda a produção dos novos singles. Ele conta que se sentiu mais seguro neste processo: “Trabalhar essas faixas foi muito desafiador e proporcionalmente especial. Eu me impus o desafio de produzir as duas 100% sozinho, no meu Home Studio, e enviar os arquivos prontos e gravados para mixagem e masterização. Fiquei super feliz quando concluí o projeto e vi que o resultado estava soando profissional. Vibrar com a nossa própria evolução é muito gostoso e esse projeto traduz bem essa vibração”, declara.


Lyric videos


Os singles vêm acompanhados de lyric videos que estarão disponíveis no canal oficial do artista no YouTube. Os dois contam com a participação de Bruna Pinheiro, neta da eterna Garota de Ipanema, Helô Pinheiro. O lyric video de “Não me chame pelo nome” poderá ser conferido nesta quarta-feira (20), às 19h30. Já o lyric de “Demorei muito” chega na quinta-feira (21), às 11h.


Sobre o que espera para o lançamento, ele conta: “A expectativa está super alta, porque sei que mais pessoas me conheceram por conta do EP ‘Não Leve a Sério’ e, especialmente, porque acredito muito na força que essas duas músicas têm. Mostrando para amigos e familiares, todos disseram que sentiram algo diferente com elas, então estou ansioso para saber como as pessoas vão se conectar com cada uma”.



Sobre Mu Bispo


Crescer em uma família com tradição musical fez com que Mu Bispo se interessasse muito cedo por melodias e acordes. Aos 10 anos de idade, o artista Cruzeirense iniciou seus estudos de guitarra, seu instrumento favorito até hoje e, com o passar do tempo, foi desenvolvendo habilidades diversas dentro da música, tornando-se compositor, multi-instrumentista, produtor e cantor.


Mu é formado em Publicidade e Propaganda pela ESPM-SP e possui um histórico profissional corporativo de sucesso, em paralelo aos feitos e projetos artísticos.


Em 2018, Bispo teve sua primeira experiência de grande exposição como músico, chegando às semifinais do programa The Voice Brasil. Desde então, sua fan base cresce e o artista vem conquistando cada vez mais espaço para mostrar sua pluralidade, como por exemplo em trabalhos de atuação nos cinemas, nas comédias românticas “O Melhor Verão das Nossas Vidas” (Galeria Distribuidora, 2020) e “Avassaladoras 2” (Disney, 2022).


Em 2022, Mu iniciou oficialmente seu projeto autoral de pop rock por meio de uma parceria de distribuição firmada com o selo Olga Music, tendo já planejados o lançamento de um grande projeto financiado coletivamente em 2021, singles e projetos especiais.


“Não Leve a Sério” é o primeiro EP do cantor e já está disponível em todas as plataformas digitais. Todas as canções do novo trabalho, que foi lançado há alguns meses, se completam e contam a história desde o momento do término de um relacionamento, onde tudo é completamente recente, até o momento em que todas as reflexões se iniciam. O projeto é composto por 4 músicas sequenciais, sendo elas: “Alguém”, “Deixa o Tempo”, “Procura-se” e “Refrão”.


Também este ano, o artista fez o seu retorno aos palcos depois de mais de dois anos afastado em função da pandemia. O seu primeiro show de 2022 foi em São Paulo, abrindo o show da banda norte-americana Boyce Avenue. Em julho, Mu lançou a faixa "Romance Ideal", cover da banda Paralamas do Sucesso, dentro do Live In Vip 2022, do ANALAGA, projeto idealizado, construído e com curadoria do produtor musical Dudu Borges.

Posts recentes

Ver tudo