top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Major RD lança segundo álbum de estúdio "Ascensão do Cisne Negro"

MajorRD, um dos principais nomes da cena atual do rap brasileiro, mostra mais uma vez a sua potência com seu segundo álbum de estúdio, "Ascensão do Cisne Negro". O disco, que sucede os trabalhos do bem-sucedido "Troféu", chega a todas as plataformas digitais no dia 27 de setembro, exatamente dois anos depois do antecessor e conta com participações de Froid, Xamã e Cynthia Luz.


Dono de alguns dos maiores sucessos recentes do hip hop nacional, como "Dior" e "60K", o jovem rapper de 26 anos traz um material inédito explosivo e reflexivo na mesma medida, sobre como a sua vida mudou depois que seu nome foi projetado para o país inteiro. "Sobre coisas boas e ruins que conquistei após essa suposta fama", diz ele no anúncio do álbum, publicado em sua conta no Instagram, na qual o artista é seguido por mais de 1,5 milhão de pessoas.

Os dois anos que separam o primeiro do segundo álbum de Major RD também provocaram grandes mudanças em sua vida. Segundo o rapper, conhecido por gostar muito de cavalos e de estar em contato com a natureza, os discos narram momentos bem diferentes. "O 'Troféu' falava muito de conquista, né? De coisas que eu queria ter. O 'Ascensão do Cisne Negro' fala mais do estresse de agora e dos lugares que eu vou para fugir do estresse", afirmou. Assim como no antecessor, o artista tem a ambição de tornar o "Ascensão" um projeto audiovisual. "Eu quero lançar todas as faixas com clipe, que foi o que eu fiz com o 'Troféu'".

Major RD batizou seu segundo registro como "Ascensão do Cisne Negro" por notar a diferença de tratamento antes e depois da fama, fazendo uma analogia com a conhecida fábula do "patinho feio" e "cisne": "Quando você não tem visibilidade, você é o patinho feio, as portas ficam fechadas. Mas a partir do momento que você ganha visibilidade, aí você fica lindo pra todo mundo.".

Ascensão é algo que o artista entende como poucos. O segundo registro de Rodrigo o Freitas Fernandes Morais, nome de batismo do artista, chega acompanhado de uma indicação ao BET Hip Hop Awards, um dos mais importantes prêmios da música global. Ele concorre na categoria de "Melhor Flow Internacional" com artistas da África do Sul, França, Reino Unido, Zâmbia e Gana.

Além disso, o novo projeto não só evidencia seu flow único como toda a sua versatilidade. O disco incorpora elementos do rock à sua persona artística e também, explora diferentes gêneros musicais no álbum novo, como o forró, em uma parceria com o cantor Felipe Amorim.

Das batalhas de rap na Zona Oeste do Rio ao palco de grandes festivais, Major RD se tornou uma referência na cena carioca. Amigo pessoal e parceiro de muitas batalhas de rima de Xamã, que foi uma de suas grandes inspirações, o artista agora só quer continuar fazendo música e aproveitar o tempo livre ao lado de seus cavalos, da família e da filha que está para nascer.

Comments


bottom of page