top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Juliana Calderón invoca insurgência da natureza em “Sentido da Vida”

Nesta sexta-feira (30), a compositora e atriz Juliana Calderón lança seu terceiro single: “Sentido da Vida”. Juliana também assina o roteiro e a direção do videoclipe protagonizado por ela, que será disponibilizado no dia 2 de julho.


Foto; José Hidalgo

Com produção musical e arranjos de Marco França e mix e master de Eduardo Pinheiro, a canção expande a linha temática de seus dois singles já lançados, subvertendo estereótipos femininos e afirmando Juliana como uma artivista potente e criativa que habita um universo particular, integrando teatro e música.


Em “Sentido da Vida”, Juliana incorpora uma mulher aprisionada a uma vida sem sentido que, ao refletir sobre sua própria condição, sonha a superação de uma sociedade que objetifica e subjuga diferentes formas de vida, corrompendo a natureza e nossas próprias existências.


A canção foi composta por Juliana em 2019, durante uma caminhada noturna pelo centro de São Paulo, refletindo sobre as desigualdades provocadas pelo nosso sistema patriarcal capitalista, que coloca a vida a serviço do capital, e não o contrário.


“Estamos imersos nas sombras de um sistema que nos separa, nos esgota e ameaça a nossa própria existência, mas espero que ainda haja tempo para aprender com as sociedades comunitárias do Bem Viver, pautadas pela justiça social e ambiental, pelo fazer coletivo, e pelo respeito absoluto pela vida, em todas as suas manifestações", afirma.

Comments


bottom of page