• Guilherme Moro

Jovem vendedor de sinal é produzido por Ferrugem e assina contrato com Warner Music Brasil

Rosdei da Costa Silva Santos Junior, de 23 anos, era vendedor de biscoito no sinal e já esteve em situação de rua. Apaixonado por música e skate, Robinho, como é conhecido, vivia aos arredores da Praça do Ó, na Barra da Tijuca, e se tornou muito querido pelos que frequentam o espaço. Ferrugem passava com frequência pelo sinal que o jovem trabalhava e eles conversavam bastante. "Robinho sempre estava sorrindo e muito expressivo. Ele nunca pediu nada, não pedia dinheiro, nem nada comprado, só uma oportunidade" declara o cantor.



Até que um dia, Ferrugem passou e o Robinho não estava muito bem porque não tinha vendido nada. Na tentativa de animá-lo, o artista convidou o jovem para ir ao estúdio mostrar alguns beats que ele tinha produzido. E foi assim que o talento foi descoberto. “Se não fosse ele para cantar em cima dos beats que eu faço, de repente eu não desenvolveria tanto quanto eu evoluí como produtor nesses últimos meses. Eu acreditei no talento dele; e ele no meu trabalho.” conta Ferrugem.



"Não sei nem descrever o que estou sentindo com isso tudo que está acontecendo. Quando eu recebi o convite do Ferrugem, foi uma das coisas mais importantes da minha vida! Eu nunca tinha entrado num estúdio e não sabia que o Ferrugem também era produtor. Ele já tinha vários beats irados produzidos. E começamos assim, eu rimando em cima das batidas produzidas por ele. Gratidão imensa e eterna pelo Ferrugem, não sei como agradecer!" relata Robinho.


A parceria entre o jovem artista e o cantor cresceu e se firmou ao ponto de Ferrugem apresentar Robinho para a sua gravadora, Warner Music Brasil, que também se impressionou com o talento e fechou um contrato quase que imediatamente. Agora, ele é a mais nova aposta do Trap/ Rap da companhia.

Posts recentes

Ver tudo