• Guilherme Moro

Jovem Marco Muzi lança sua carreira com clássico de Frank Sinatra

A música de estreia de Marco Muzi nas plataformas digitais foi lançada

recentemente. "Fly Me To The Moon" expressa o interesse artístico do jovem

intérprete pelas canções atemporais e pelas experiências eletrônicas. Em sua

performance, o cantor e compositor revisita este clássico do passado em

arranjo contemporâneo, energizado pela estética Lofi, com a produção do

maestro Ney Marques pelo selo Simple Lofi e distribuição da OneRPM.



Tendo como base as influências musicais do artista, a escolha dessa canção

mostra também o potencial vocal de Marco, que com 17 anos se destaca pelo

timbre e afinação impecáveis, além do vasto repertório que possui.


Clássico de composição do pianista Bart Howard, ficou amplamente conhecido

na voz de Frank Sinatra, que gravou a canção em 1964. "Fly me to the moon"

teve essa versão intimamente ligada às missões da nave Apollo na lua,

coordenadas pela NASA, que levaram Apollo 11 ao solo lunar em 1969.


Marco Muzi traz com sua versão de "Fly me to the moon" um clipe que mistura

sua atuação ao piano com desenho animado em que através da força do amor os

personagens chegam à lua e sentados no satélite da terra observam o espaço

enamorados. É a tradução da sensação que essa música passa ao ouvinte: tão

gostosa quanto flutuar no espaço.



O ARTISTA

Marco, hoje com 17 anos, começou a tocar guitarra aos 3.


Iniciou seus estudos com o Jazz, Bossa Nova e MPB aos 8 anos, influenciado

pelo irmão pianista. O tio baterista o apresentou ao universo das baquetas

com as quais metralhou durante a infância objetos de onde conseguisse

extrair arremedos de rock. Em casa, Samba, Ópera e MPB se articulavam em

consenso.


A partir desse caldo musical, desenvolveu preferências ecléticas por Chopin,

Chet Baker, João Gilberto e Frank Sinatra. A curiosidade pela produção de

beats o levou ao gênero Lofi no início da adolescência.


Em 2020, chegou a mudar-se de Votuporanga para São Paulo para aprofundar

seus estudos de canto lírico e popular com o professor Gilson Nery, no

Conservatório Souza Lima, e segue em aulas on-line em função da pandemia.