• Guilherme Moro

João Bosco faz show de 50 anos de carreira no Circo Crescer e Viver

A esperança equilibrista adentra o picadeiro. Pela primeira vez o cantor e compositor João Bosco irá se apresentar em uma lona de circo, na Cidade Nova. O Circo Crescer vai receber, dia 18 de novembro, o show Abricó-de-Macaco, celebrando os 50 anos de carreira do artista e o lançamento do DVD, ao lado dos músicos Armando Marçal na percussão , Ricardo Silveira na guitarra, Guto Virtti no baixo e Kiko Freitas na bateria.



"A criança que ainda existe em mim não se contém com tamanha alegria só por saber que no dia 18 de novembro estaremos no picadeiro do Circo Crescer e Viver celebrando cinquenta anos de estrada no show “ Abricó-de-Macaco”. Compartilhando comigo esse momento mágico. Esperamos todos lá!", convida João Bosco.


Este recente trabalho, que teve sua estreia nos palcos adiada pela pandemia, trouxe para João Bosco e seu filho, Francisco, um Grammy Latino de melhor canção em língua portuguesa, justamente para a faixa título. O circo fará uma homenagem ao cantor, com exibição de fotografias de parceiros, familiares e amigos que fazem parte da trajetória do João Bosco.



“Abricó-de-Macaco” é uma alegoria tão complexa quanto bela. Um fruto tropical fechado, de casca dura, em forma de esfera, ameaçado de extinção, entressonha a esperança de uma estação vindoura para enfim abrir-se em flor. E assim o faz. No repertório do show, João Bosco canta sucessos em retrospectiva. Clássicos como “Papel Machê”, “O Bêbado e a Equilibrista” e “Corsário” se fazem presentes, para a plateia cantar e celebrar junto.


O evento é uma parceria da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e o Circo Crescer e Viver.

Posts recentes

Ver tudo