top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Gina Garcia comemora sucesso de “Gina Canta Gal” e anuncia nova data em São Paulo

O público pediu e ela está de volta no Teatro São Paulo! Depois de uma homenagem emocionante a Gal Costa na estreia, com auditório lotado no mês de maio, a cantora Gina Garcia anuncia nova data de apresentação em São Paulo, no dia 12 de julho. Para a alegria dos fãs, a mãe de Gloria Groove segue sua turnê em tributo à artista Gal Costa, que morreu em novembro de 2022, com os maiores sucessos e uma interpretação comovente!



A discografia de Gal Costa permeou a trajetória de Gina Garcia na música, iniciada em 1987 em algumas das principais casas de shows de São Paulo. "Ela é uma das minhas divas e seu timbre é maravilhoso! Ela é bem mais aguda do que eu. Sou mezzo-soprano, acredito que a Gal era soprano mesmo. Ela me influencia demais. Não há música dela que não mexa comigo", afirma a cantora.


O tributo começou a ganhar forma no início de 2019, durante um papo de Gina com o músico Edu Camargo. A intérprete reuniu profissionais para formar banda e equipe até gravar o primeiro teaser do projeto, em dezembro daquele ano. Em razão da morte da artista baiana, o show se transformou em uma homenagem póstuma. Mais de 40 pessoas se envolveram direta e indiretamente na produção do espetáculo.


"Trago os grandes sucessos da Gal, os melhores boleros, os maiores frevos, os sambas que ela interpretou pela vida, além de músicas como Chuva de Prata, Nada Mais, Nuvem Negra, tanta coisa bonita que ela gravou, e as que vão até o fundinho do coração. Montei um show contando a minha história permeada pelas músicas da Gal, porque foi assim a minha vida como cantora na noite até começar a carreira de backing vocal", explica Gina.


A cantora conheceu Gal em 1995 no camarim do show “Mina D’água do Meu Canto” e o encontro permanece vivo em sua memória: “Conversamos bastante, Gal me perguntou sobre um músico, guitarrista excepcional que trabalhou com ela Lanny Gordin, na era Tropicalista, eu trabalhava com ele no Star Dust na época, mas esse papo foi surreal pra mim, a Diva Gal conversando comigo, inesquecível! Fiquei abismada com a perfeição do som que ouvi nesse show, porque realmente tive a sensação de estar ouvindo o CD de tão perfeita a afinação dela e da Banda. Essa produção e direção era do maravilhoso Jaques Morelembaum. A única foto que tenho com a Gal é desse dia, que consegui ir ao camarim e ela gentilmente autografou os meus discos.”


O tributo a Gal Costa deverá percorrer as principais capitais brasileiras, mas Gina Garcia também pretende se apresentar fora do Brasil.


“Ela ficou famosa no exterior por causa de Tom Jobim e de tudo o que ela gravou. É muito respeitada na Europa e nos Estados Unidos, aliás tem seu nome no Hall da fama do Carnegie Hall, por ser a brasileira que mais se apresentou por lá. Esperamos que esse show dure o tempo necessário para que possamos levar esse espetáculo onde tenham saudades de ouvir as canções da nossa Diva Gal Costa” , planeja.


Comments


bottom of page