• Guilherme Moro

Florence + The Machine está lançando o single “Free”

“Free” é o mais novo single do álbum “Dance Fever”, de Florence + The Machine. Ele vem na sequência de “My Love”, “‘Heaven is Here” (com seu poderoso coral de vozes) e “King”, primeira faixa do álbum a ser revelada. Assim como essas gravações, “Free” oferece flashes e uma boa amostra do brilho do novo trabalho, que tem lançamento marcado para 13 de maio.

Com Florence reinando absoluta em sua concepção musical visionária do álbum, coube à diretora criativa Autumn de Wilde e ao coreógrafo Ryan Heffington acrescentarem seu toque mágico e sua visão artística autoral a todas as peças visuais que acompanharam “Dance Fever” até agora. O vídeo de “Free” segue a tradição criativa de Florence Welch ao colocar a cantora para interpretar a si mesma junto ao grande ator britânico Bill Nighy, que faz o papel de… “a ansiedade” de Florence. Assista AQUI.



Em “Free”, Florence abraça o seu amor pela eletrônica lo-fi experimental. Ela soa auto-analítica e consciente, ao mesmo tempo em que celebra triunfantemente as alegrias de libertação de um mundo pós-pandêmico.

Durante o lockdown, Florence sentiu uma falta imensa dos clubes e de estar dançando em festivais, no turbilhão do movimento de fazer e viver coletivamente a música. Foram as esperanças e os sonhos de reencontros com entes queridos e danças com estranhos que ajudaram a manter vivo o ímpeto de “Dance Fever”. Aquele êxtase, a proximidade e a euforia diante das possibilidades de movimento serviram como lembrança do que estava sendo perdido no período sem apresentações e com clubes noturnos fechados. Afinal, a música é a única forma de arte que tem o poder de fazer as pessoas se soltarem e se sentirem livres das ansiedades, mesmo que apenas por alguns momentos.

“Dance Fever” é um álbum que mostra Florence no auge de sua força criativa, repleta de autoconhecimento, mas capaz de divertir-se espertamente com a própria persona que inventou, brincando com ideias de identidade, masculino e feminino. De forma redentora e triunfal, ela assume plenamente seu lugar no panteão dos ícones.

Produzido por Florence Welch, Jack Antonoff e Dave Bayley, “Dance Fever” traz o melhor da cantora e foi feito para o palco. Depois que as três noites de espetáculos intimistas no Reino Unido tiveram ingressos esgotados após 1 minuto de venda, Florence + the Machine anunciou onze datas de arena da “Dance Fever Tour”: elas começam em 14 de novembro, em Paris, na França, e terminam em 30 de novembro, em Dublin, na Irlanda.

O parceiro de caridade escolhido por Florence para esta turnê é a organização Choose Love: uma libra de cada ingresso vendido na turnê será doado para a ONG. A Choose Love faz o que for preciso para fornecer a refugiados e pessoas deslocadas toda a ajuda de que necessitam: desde barcos salva-vidas até comida e assistência legal. Seu trabalho já atingiu mais de 1,8 milhões de pessoas e apoiou mais de 250 organizações comunitárias de ação rápida na Europa, no Oriente Médio e ao longo da fronteira entre os EUA e o México. Suas ações são guiadas por uma visão de um mundo que escolhe o amor e a justiça para todos, todos os dias.