top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Entrevista: conheça Vintium, DUO que lança carreira com single "Café e Chá de Hortelã"

O Música Boa tem o prazer de apresentar uma entrevista exclusiva com o talentoso duo Vintium, cuja música "Café e Chá de Hortelã" tem encantado os corações dos amantes da boa música. Nos bastidores desta melodia cativante, mergulhamos fundo para descobrir mais sobre a jornada artística e inspirações por trás do Vintium.



Como surgiu a inspiração para a criação da música "Café e Chá de Hortelã" e qual é a mensagem central por trás da canção?


A inspiração para compor “Café e Chá de Hortelã” foi ficar alguns dias sem se ver, e bateu aquele sentimento de saudade. A letra celebra o ordinário extraordinário, os dias comuns, que têm muito mais valor do que os picos de adrenalina e dopamina que eventualmente acontecem na vida.


Pode compartilhar detalhes sobre o processo de composição da música "Café e Chá de Hortelã" e como vocês colaboraram na criação da letra e da melodia?


“Café e chá de hortelã” nasceu em duas etapas. Fizemos o começo dela, nosso produtor Thiago Mart gostou da ideia, alteramos alguns versos para tornar a letra um pouco mais delicada, e compusemos o refrão em conjunto numa reunião online.


Como foi a experiência de trabalhar com Thiago Mart, líder do selo NAVEGA, na produção da música? Em que medida a orientação de Thiago Mart e a colaboração com Flávio Ferrari influenciaram o resultado final da faixa?


Foi uma experiência enriquecedora. Thiago e Flávio foram fundamentais para levar a canção a outro patamar. Foi muito gratificante vivenciar todo o processo desde a criação da música, produção, até o resultado final, sentindo a música ficar cada vez melhor a cada etapa.


O que diferencia o som do Vintium em relação a outros artistas no cenário musical atual?


Procuramos nos manter autênticos, sempre colocando nossas experiências e vivências pessoais e o nosso jeito como protagonistas no conceito de cada música.


Considerando a conexão com o selo NAVEGA, como essa parceria impactou a trajetória do Vintium e como ela contribui para o desenvolvimento da carreira artística do duo?


Depois que entramos para o selo NAVEGA, tivemos um crescimento, tanto na questão de composições, como na questão visual, na maneira como devemos conduzir as redes sociais, criação de versões diferentes de músicas covers. É um aprendizado constante de várias áreas que fazem parte da carreira.


Quais são as principais influências musicais do Vintium, e como essas influências se manifestam em sua abordagem única na composição e execução de suas canções?


Temos referências de artistas como John Mayer, James Bay, Colbie Caillat, Mar Aberto, Vitor Kley. Apesar das referências, a autenticidade é algo imprescindível para o artista se destacar. É o que o Vintium procura trazer tanto nas suas composições, como nas versões de músicas covers.


Como o casal enfrentou desafios durante o processo de produção e lançamento de "Café e Chá de Hortelã", e de que forma essas experiências moldaram sua jornada artística até agora?


“Café e Chá de Hortelã” marca o início de uma nova fase na carreira do Vintium. O processo de produção e lançamento da música ocorreu de maneira suave, mas com muitas decisões a serem tomadas. Nosso produtor Thiago é um ótimo conselheiro, então ele tornou todo o processo mais fácil, e está nos mostrando o caminho de como elevarmos os padrões da nossa carreira.


Além do lançamento recente, quais são os planos futuros do Vintium em termos de novas músicas, performances ao vivo e projetos dentro da indústria musical?


Temos planos de lançar mais singles durante 2024. Já estamos em produção da nossa segunda música. Assim como todo artista, a continuidade é algo fundamental para um engajamento cada vez maior dos fãs.

Comentarios


bottom of page