top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Demi Lovato lança single em prol do direito de escolha das mulheres em relação ao aborto

Em 24 de junho de 2022, a Suprema Corte dos Estados Unidos encerrou o direito constitucional ao aborto nos Estados Unidos. Protestos em todo o país e além se seguiram imediatamente, com mulheres e pessoas de diversos grupos levantando suas vozes para demonstrar a necessidade de acesso a um aborto seguro e legal.



Desde então, proibições estaduais bloquearam o aborto nos EUA para quase 21 milhões de mulheres, além de mais homens trans e pessoas não binárias.


Coincidindo com o aniversário de um ano da decisão da Suprema Corte, Demi Lovato acaba de apresentar sua nova música, “SWINE”, um hino de protesto inspirado nos milhões de pessoas do movimento de justiça reprodutiva que protestaram e continuam lutando pelo direito de escolha.



O lucro com a faixa será doado durante um período de um ano para o Fundo de Justiça Reprodutiva da Fundação Demi Lovato. A artista ecoa os sentimentos da maioria dos americanos - 61% dos adultos nos EUA afirmam que o aborto deve ser legal em todos ou na maioria dos casos (Centro de Pesquisas Pew, 2022). “SWINE” também chega acompanhada de videoclipe que apresenta um mapa dos estados dos EUA com o status dos direitos ao aborto em cada local neste momento, pois o cenário legal está em constante mudança.


A cantora é atração confirmada da primeira edição do Festival The Town, em São Paulo, no dia 2 de setembro.

Comments


bottom of page