top of page
  • Foto do escritorGuilherme Moro

Danilo Audi lança canção que faz paralelo com clássico de Chico Buarque

O refrão de "Eu Não Vou Embora" (Tomate) e trecho de "Construção" (Chico Buarque) complementam os versos da nova canção do cantor e compositor paulista Danilo Audi. A canção “Cenas de um Sábado Qualquer” reflete poeticamente uma história real: a tragédia de um rapaz que, ao sair de uma festa, é atropelado e morto, enquanto paralelamente a festa continua de maneira indiferente.



“Comecei a escrever essa música quando estava no Canadá, e tentava explicar o Brasil para seus colegas de outros países. Ao saber desse acontecimento, cheguei à conclusão de que esse fato é a tradução do Brasil. Como o próprio diz: "um país com tanta igreja, mas nenhuma salvação". “Este conto doloroso expõe as fissuras de uma sociedade que muitas vezes prioriza a própria diversão em detrimento da solidariedade e compaixão.”, pontuou Danilo.


A mensagem da canção é intensificada por uma sonoridade que mescla elementos do funk americano (como James Brown e Seu Jorge), MPB e pop rock. “A marcante combinação de bateria e baixo cria um groove envolvente, enquanto o violão, guitarra e teclado contribuem para a construção de melodias distintas. A ambientação sombria da música reforça a tristeza subjacente à narrativa, proporcionando uma experiência emocional intensa.”, descreveu Danilo.


Com “Cenas de um Sábado Qualquer”, que inicia uma nova fase em sua carreira, a discografia de Danilo Audi iniciada em 2017 tem agora seis singles e um álbum. Nos palcos, porém, Danilo iniciou em 2010, quando passou a se apresentar em bares paulistas. A partir de 2018, quando lançou o álbum “Contramão”, o artista passou a realizar shows autorais, a maioria no interior de São Paulo.


Quanto às suas influências, Danilo conta que “Chico Buarque, Caetano Veloso, e toda a MPB clássica são inspirações. Também me inspiro muito em Leoni, Cazuza e Renato Russo. Gosto muito da literatura beatnik de Jack Kerouac, de Hermann Hesse, dos existencialistas, Clarice Lispector, Drummond, Vinícius de Moraes. O primeiro livro que abriu minha cabeça foi ‘O Apanhador no Campo de Centeio’ de J.D. Salinger.”


Hoje Danilo Audi vive da música, mas também tem formação acadêmica em História pela UNESP de Franca e pós-graduação em Ensino de Inglês para Imigrantes, com esta especialidade atuou como professor em Ottawa (Canadá), cidade onde também participou de festivais de música brasileira. O próximo passo de Danilo será o lançamento de um novo lançamento, o single “Canto Pra Falar de Amor”, um feat. Com Edson Cordeiro.


Com produção musical de Maurício Hoffmann e Rafael Reis, “Cenas de um Sábado Qualquer” já está disponível em todas as plataformas de streaming.

 

Comments


bottom of page