top of page

Com participação da jogadora Tamires, Gabi Fernandes lança música para a Copa Feminina

A cantora e compositora Gabi Fernandes já está em clima de Copa do Mundo. A partir de julho as maiores seleções do mundo vão se encontrar no campeonato mundial de futebol feminino, na Austrália, e a artista paulista já preparou a voz para inspirar e torcer pelas jogadoras brasileiras. Nesta sexta-feira (07), chega aos apps de música a inspiradora “Ela Escreve a Própria História”.



E Gabi não estará sozinha. A jogadora Tamires Dias, da Seleção Brasileira Feminina de Futebol e do Corinthians, vai participar pela primeira vez cantando em uma música. E não poderia ser mais especial, seja pela parceria de amor pelo futebol e de vida, quanto pela música especialmente escrita para um momento tão importante em sua carreira nos campos.


Juntas para cantar sobre a força da mulher, a garra pra vencer e traduzindo em um verdadeiro hino o sentimento de disputar um título da grandeza da Copa do Mundo.


“Ela Escreve a Própria História” é uma música inteira escrita por mulheres e traz referências da trajetória, desafios e vivências de jogadoras de futebol, justamente porque Gabi desta vez conta com a parceria de Tamires Dias, que disputará a sua terceira Copa do Mundo.


A música, que tem produção musical de Wesley Leonel, traz alguns elementos que combinam com a história dela, mas que também dá ênfase às mulheres que escrevem todo dia a sua história. Tem até citações a Glória Maria, uma das mulheres que é referência quando se fala em mulheres fortes.


Gabi Fernandes tem uma ligação muito forte com o esporte, e principalmente o futebol. Antes de se tornar cantora, ela se dedicou aos campos. Os desafios da carreira no futebol, que eram ainda mais difíceis há 14 anos, a fizeram escolher o caminho dos palcos, sua outra paixão. Hoje, entre suas missões e objetivos na música, Gabi utiliza a voz, a imagem e a inspiração para apoiar, defender e enaltecer o papel das mulheres no futebol.


Gabi já gravou música para Luiza Trajano, do Magalu, como incentivo para patrocinar o time feminino, fez as músicas temas das seleções feminina e masculina nas Olimpíadas de Tóquio, compôs faixas para Neymar, Ronaldo Fenômeno e para o Corinthians.


E, claro, o maior evento do futebol feminino não poderia ficar de fora desta lista, e vem aí para embalar as meninas da seleção brasileira rumo à disputa pela primeira estrela.


Segundo Gabi, a ideia de trazer Tamires para o dueto nesta música foi de eternizar esse momento de Copa. “Essa música vem sem peso nenhum de transforma-la em um hit, em ser algo comercial. O que ela significa pra mim é proporcionar uma experiência para uma pessoa que está ao meu lado, para alguém que sempre me viu cantando e sempre me deu muita força. E que sempre me disse que queria viver um dia de cantora, saber como é cantar”, conta Gabi.


Tamires conta que a experiência no estúdio foi especial, era um sonho, mas foi desafiador. “Foi difícil porque todo mundo sabe que não sou cantora, mas me esforcei. Espero que as pessoas me analisem pela minha força de vontade e não pela minha voz”, brinca a atleta, que é defendida por Gabi:


“Não tinha peso nenhum dela cantar maravilhosamente, mas o peso emocional, porque a letra fala de mulheres que escrevem a própria história. Mulheres que são como ela e como eu. E a gente segue escrevendo a própria história todo santo dia, cada uma dentro de sua profissão, do seu corre”, pontua a cantora.


E antes que os fãs se animem com a estreia de Tamires na música, ela já avisa que soltou a voz exclusivamente para este momento. “Futuro na música não existe (risos). Agora só vou ouvir a Gabi cantar”, diverte-se a jogadora.

Comments


bottom of page